5 Estrelas,

( Resenha ) 31 Profissão Solteira - Claudia Aldana @primaveraeditor

18 outubro Clã dos Livros 5 Comments


Primavera Editorial


Clique na capa e compre o livro na Saraiva


Leia a sinopse clicando AQUI.


Sucesso de vendas no mercado editorial chileno, 31 Profissão Solteira traz uma coletânea dos principais artigos publicados na coluna semanal da jornalista, nos quais relata os encontros e desencontros amorosos da personagem Consuelo Aldunate.

Resenha

Claudia Aldana nos presenteia com a personagem Consuelo Aldunate e suas aventuras. De maneira descontraída e muito divertida Consuelo vai vivendo e se metendo em confusões em busca de amor e casamento.

“Por que será que sempre envio as vibrações erradas aos homens idem? Não percebem que hoje tenho uma noitada já reservada? Sempre o mesmo: tento parecer grandiloquente, exagero e acabo parecendo vulgar.”

Ela é uma solteira com 31 anos, a procura do homem ideal. Com passagens hilariantes e muito verossímeis (com certeza podia me ver e algumas amigas vivendo a mesma situação), vemos a solteira se esforçando para acertar. 

“ Antigamente as coisas eram mais fáceis: vestir-me com alguma roupa justa e ir para a balada em algum lugar da moda. Alguns olhares, uma desculpa esfarrapada – “você tem fósforos?” – e pronto! Hoje, prefiro morrer rodeada por cem gatas – e que o zelador se dê conta disso por causa do mau cheiro – a vestir um top strapless e circular na noite.”

Boates, bares, trabalho, amigos de amigos, todos e em qualquer lugar entram na lista de possibilidades. Fugindo de alguns encontros fadados a ruína e investindo em outros por vezes ainda piores, ela tenta mesmo encontrar alguém interessante e decente!

“Faz pouco tempo ouvi que os homens com cama de solteiro não pensam em se comprometer, que esse é o seu jeito de dizer que nesta vida só há espaço para um. Quero ver se tenho lugar na vida dele. Quero xeretar seus xampus, ver se há fotos da ex a vista ou se o lugar foi decorado por sua mãe. Quero que me deixe olhar sua vida. ( ... ) Ou por último, quero que abuse de mim no sofá e eu seja obrigada a me fazer de durona ou tomar alguma decisão ou tomar alguma coisa.”

Além do humor presente em todas as colunas, também nos deparamos com algumas reflexões sobre a vida, consciência.. 

“ – Alô? Oi Camila! Ser amante é pecado mortal, certo? – pergunto, fazendo-me ignorante. (...)
- Ai ... Não estou com paciência pra esse tipo de chatice Consuelo.( ...)
- É que eu queria saber se será muito feio eu ligar para Juan Carlos e me desculpar por...
- Por .. Por ainda ter idade mental de 15 anos?”

O livro é leve e gostoso. Daquele tipo que mora na nossa mesinha de cabeceira e a gente “visita” todas as noites até acabar de ler!

“ Alguns dias são piores. Como hoje, porque estou desesperada e até tenho vontade de colocar um aviso sobre minha mesa: Oferece-se noiva. Boa aparência, caráter flexível, conforme o gosto. Profissional. Independência econômica garantida. ...”


AMEI! Recomendo!

Leia o primeiro capítulo:


5 comentários:

  1. gostei , parece ser interessante , otima resenha

    ResponderExcluir
  2. Oie :)
    Ainda não conhecia esse livro nem a autora.
    Achei bem legal!! Gosto de livros leves.
    beijocas
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser ótimo, fiquei doida pra ler!

    ResponderExcluir
  4. Capa Divertida e bem colorida,o livro deve ter um tempero nesse estilo tbm.

    ResponderExcluir