A.C.Meyer,

BlogTour - Louca por Você - Entrevista com a autora A.C.Meyer

23 novembro Clã dos Livros 1 Comments




1 - Nós vimos na sua page, que a história gritava pra vc e depois de uma conversa com uma amiga autora, tomou coragem e colocou no papel. Antes disso em algum momento você já tinha cogitado sobre ser escritora?

AC: Não, nunca. Eu sempre fui viciada em leitura, mas nunca tive o costume, nem a pretensão de escrever historias, muito menos achei que pudesse escrever um livro.

2- Como, quando e por que, surgiu a A.C. Meyer?

AC: Julie e Danny vivem no meu subconsciente há muitos, muitos anos. Acho que desde bem criança, pq me lembro que quando eu era criança e brincava com minhas amigas, eu me chamava “Julie” em nossas brincadeiras. De tempos em tempos eu me lembrava dos dois, mas nunca sequer cogitei colocar isso no papel, até o dia em que eu estava conversando com a M.S Fayes (autora do Tapete Vermelho) e ela estava me contando sobre uma historia que ela queria escrever e eu acabei comentando sobre a história do Louca por você, que até aquele momento, era apenas uma historia na minha cabeça e ela me deu um “ultimato” que eu deveria colocar no papel. Passei uma semana com isso na cabeça, lembrando dos dois personagens nas horas mais estranhas, até que numa sexta feira de madrugada eu escrevi os três primeiros capítulos e dei para duas amigas lerem, que me retornaram pedindo mais. Foi aí que tudo começou. Em um mês eu escrevi e em seguida estava tudo pronto para publicação. Foi uma loucura. :)

3 - Quais são suas referências literárias?

AC: Eu me inspiro muito nas autoras com uma pegada mais para comédia. Emma Chase e Sophie Kinsella são, com certeza, uma grande inspiração, além da Kristen Proby, com suas histórias entrelaçadas e mocinhos quentes. 

4 - O Louca por Você é o livro um da série After Dark. Você já tem histórias em mente para os próximos livros? 

AC: O livro dois será a respeito do Zach. Ele é um dos sócios do Bar After Dark e tem um relacionamento pouco convencional com uma mulher que os amigos não sabem. Ele é um pouco dominador, mas não é um Dom de temática BDSM, como Christian Grey. Ele é um mocinho mais mandão que gosta de desafios e vai enfrentar algumas situações para conseguir seguir o relacionamento com a sua garota.

O livro três será a respeito do Rafe, que é o mais “bom moço” entre os amigos. Rafe se envolve com uma mulher com um passado complicado e vai precisar ultrapassar uma série de barreiras para conquistar sua confiança.



Clique na capa e saiba mais sobre o livro.


Curta um trechinho!


"Ela está linda.   Ainda mais linda que na noite passada, se é que isso é possível. Ela está usando um vestido tomara que caia branco, com o cabelo liso, do jeito que eu gosto, caindo pelos ombros. Ela usa maquiagem, mas muito suave. Apenas seus lábios se destacam com um batom quase vermelho. Isso é o suficiente para eu me sentir desconfortável no meu lugar. Meu pau começa a despertar para vida. E só de pensar que no fim da noite ela pode ser minha, que aquela boca vermelha pode estar no meu pau, me faz sentir vontade de acabar com o show, jogar ela no meu ombro e a levar para casa. Ok, agora vocês acham que eu sou um maldito homem das cavernas."


Gostou? Comente!
Os comentários nos ajudam a melhorar.


Um comentário:

  1. Ri com esse pedaço:Apenas seus lábios se destacam com um batom quase vermelho. Isso é o suficiente para eu me sentir desconfortável no meu lugar. Meu pau começa a despertar para vida. E só de pensar que no fim da noite ela pode ser minha, que aquela boca vermelha pode estar no meu pau, me faz sentir vontade de acabar com o show, jogar ela no meu ombro e a levar para casa. Ok, agora vocês acham que eu sou um maldito homem das cavernas."

    ResponderExcluir