O Tocaio - Edison Rodrigues Filho @primaveraeditor

“O Tocaio”, primeiro romance adulto de Edison Rodrigues Filho, escritor finalista do Prêmio Jabuti, chega às livrarias. Publicado pela Primavera Editorial, o título relaciona capítulos importantes da história política do Brasil, como o impeachment de Collor, com um triângulo amoroso, em uma trama permeada de suspense. 


Primavera Editorial


Sinopse


Flávio Moretto é o xará, o Tocaio, de Flávio Fontoura, o Biotônico. Um triângulo amoroso inicialmente entre Amanda, Tocaio e Biotônico desencadeará uma trama cheia de mistério, permeada por política e história. 
Depois da suposta morte de Biotônico, é a vez do triângulo amoroso entre Tocaio, Amanda e uma garota parecida com Juliana, a filha de Biotônico e Amanda. Uma dúvida paira se a garota é mesmo Juliana ou alguma moça parecida com ela. Tocaio fica confuso entre o amor por Amanda e a paixão pela garota. 
Será que este e outros mistérios se desfazem ao final da trama? Toda essa história é permeada por acontecimentos políticos, como quando estudantes foram às ruas fazer a campanha Fora Collor, que culminou no impeachment do então presidente da República. 






Confira alguns trechos disponibilizados pela editora

p. 46 

“Tocaio se vê diante das imagens do filme da madrugada. Palavra por palavra, a aluna ia narrando as sequências vistas pela porta entreaberta do quarto de Juliana. Não pôde evitar. Não queria olhar, mas as pálpebras teimaram em se abrir, o pescoço não obedeceu a ordem de desviar, as pernas relutaram, não conseguiram tirá-lo do lugar. 

Agora, do mesmo modo, Tocaio não conseguia se mover. O fim desta agonia, deste transe paralisante, veio com a salva de palmas e os assovios estridentes. Nunca fora tão bem-vinda a perturbação da calma da escola. Na plataforma equilibrada sobre tábuas oscilantes, o professor e sua mesa flutuaram na superfície revolta pela pressa dos alunos. Ao toque da sirene, abandonavam a sala de aula como ratos de um navio a pique.” 


p. 117 

“A eloquência de Tocaio inflamou de vez os ânimos da classe, que explodiu em euforia ao final da leitura. Incitados a inquietar as estrelas e a fazer rolar palácios infectos, como vermes concupiscentes, aqueles adolescentes manifestavam sua vontade em roer pela base o governo indigno. 

Muitos gritaram palavras de ordem enquanto outros extravasaram seus hormônios juvenis num coro afinado — Fora Collor!! Fora Collor!! — assim mesmo, com dois eles e duas exclamações.” 


p. 157 

“Tocaio a reteve em seus braços. O branco do sutiã contrastava com a pele que se coloria de azul e vermelho. Bocas e línguas se encontraram num longo beijo. Mãos ágeis liberaram zíperes e presilhas, deixando parcialmente à mostra aquilo que só na imaginação conheciam. 

As roupas ficaram pelo chão, formando um rastro que revelava o caminho seguido pelos amantes. O quarto os esperava com a cama impecavelmente arrumada, testemunha da ausência de seu dono, que há muito não deitava o corpo ali. As canções impressas no vinil soavam pelo apartamento como se os músicos estivessem no palco e eles, escondidos na coxia.” 

7 comentários

  1. Bah! Parece ser bem forte esse.

    Se tem uma coisa que eu gosto, é livro de ficção com contexto histórico (eu gosto muito de história. E sempre que eu leio um livro desse, eu sempre procuro aprender mais sobre o período em questão. Principalmente se o livro se passa no Brasil. Eu acho que a história brasileira é desconhecida de muitos brasileiros. O que é uma pena.)

    "Depois da suposta morte de Biotônico, é a vez do triângulo amoroso entre Tocaio, Amanda e uma garota parecida com Juliana, a filha de Biotônico e Amanda. Uma dúvida paira se a garota é mesmo Juliana ou alguma moça parecida com ela". Só eu que lembrei da novela das 9? Eu não assisto, mas pelas propagandas, parece que essa é a trama, não?

    E um bom suspense sempre faz a minha alegria!

    Obrigada pela dica!


    ResponderExcluir
  2. Não tenho interesse por livros sobre política ou historia, mas esse parece ser interessante, pois é algo que nós sabemos que realmente aconteceu, e o romance tem um toque de mistério.
    E principalmente, é de um escritor nacional, temos que abrir mais espaço para esse tipo de livro.

    ResponderExcluir
  3. Nossa parece muito bom, adoro este tipo d e livro q mistura fatos fictícios com históricos, e o Brasil tá cheio d autores muito bom

    ResponderExcluir
  4. Gostei da capa! Vish, ainda tem triângulo amoroso, adoro!!!

    ResponderExcluir
  5. Que legal homens fazendo romance adulto
    Ainda tem triangulo amaroso
    Vai pra minha lista!

    ResponderExcluir
  6. Não me interesso muito por livros de gênero político.
    Mas parece ser uma história bem forte.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nossa o livro parece ser ótimo, fiquei doida pra ler!

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por