( Resenha ) O Artífice de Tony Ferraz @univdoslivros

Universo dos Livros
Leia a sinopse, AQUI.

Clique na capa e compre o livro na Submarino

Resenha




Na chuvosa Londres, Haryel Kitten é um detetive dedicado ao trabalho. Inteligente e prático, está acostumado a resolver difíceis casos, mesmo quando não recebe o devido reconhecimento, porém O Artífice, nome dado ao novo assassino pela mídia, tem lhe tirado o sossego. 

Haryel ficara intrigado com os caracteres no corpo da vítima, nunca havia visto nada parecido. Já ouvira relatos sobre crimes relacionados a seitas satânicas que, na grande maioria das vezes, eram diferenciados pela grafia de símbolos nos cadáveres.

Nos dias de tempestade, o serial killer vem causando um estrago. Com armadilhas que garantem a morte de suas vítimas, ele mata enquanto pinta um elaborado quadro cujo pano de fundo são as vidas tiradas.

- Foi aquilo mesmo que o Johnson falou; ele preparou a armadilha e entrou depois pra garantir o serviço.


O assassino deixa pistas em forma de mensagens com simbologias e características da filosofia budista. Estas mensagens acabam fazendo com que o investigador Haryel procure por um monge budista, a fim de tentar desvendar e compreender a mente do assassino. 

- A que águas você se refere? Por que insiste em falar em símbolos?
- Porque, às vezes, só imagens conseguem passar a essência que as palavras ocultariam.

Porém o mestre lhe ensina que ao tentar entender, mais nos afastamos do entendimento.

(...) ele conseguiu notar em seus olhos uma espécie de segurança que flamejava ardentemente, como se compreendesse o que ninguém mais compreendia.

Com assassinatos assustadores e cruéis, a chuva constante na cidade de Londres, a pressa em resolver o mistério antes que novas vítimas morram, Haryel se vê envolvido em uma trama que o carrega até o final surpreendente.

Com um enredo bem montado e personagens interessantes, o autor consegue nos manter interessados na história até as últimas linhas. 
No cardápio: suspense, sobrenatural, sangue, ação, filosofia...

O final é sem dúvida o melhor do livro!

O autor está escrevendo uma continuação e prevê concluí-la até o final do ano, mas ainda não tem previsão de lançamento. Entrevistando o Demônio é o título provisório.
Ai quero muitoooooo! rsrsrs

Adorei e recomendo!

9 comentários

  1. Obaaaaaaaaaa The Doors arrasando!!!
    Linda resenha meninas, conheci este livro aui no blog, e automaticamente entrou na minha lista de livros que quero ler, e com a resenha fiquei com mais vontade ainda rsrsr

    ResponderExcluir
  2. Sou apaixonada por livros policiais, adoro um bom mistério, sempre tento desvendá-los, mas nunca consigo; acho que não seria uma boa detetive :P
    A resenha está maravilhosa, esse finalzinho atiçou meu bichinho chamado Curiosidade kkkk Estou super empolgada para ler o livro :) E ansiosa para ser surpreendida!

    Amiga Adorei, e obrigada pela indicação <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Uau,lendo sua resenha ao som dessa playlist foi como estar dentro da história.Adoro um bom livro que mescla terror,suspense,e investigação policial sem deixar a desejar em nenhum ponto do enredo.Adorei saber que haverá uma continuação pois sempre é difícil desapegar de uma boa história.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha meninas, vcs sabem muito bem como fazer um leitor se interessar em um livro, eu amei . Me interessei a ler de cara, até me passou um filminho na cabeça só lendo a resenha. Gosto quando tem coisas a investigar, na hora q estou lendo me sinto uma detetive, esse livro mostra que vai ter muitas cenas que precisarão ser investigadas. É bem curioso o caso, fique bastante interessada. A capa é linda. ''suspense, sobrenatural, sangue, ação, filosofia...''

    ResponderExcluir
  5. Nossa suspense, sobrenatural, sangue, ação, filosofia, amo história policial e essa parecer excelente, fiquei doida pra ler!

    ResponderExcluir
  6. Ótima resenha!

    Eu amo, amo livros policiais. E esse está na minha lista, mas eu estou esperando aparecer por alguma livraria aqui de Porto Alegre, porque ainda não vi, e porque eu não estou afim de pagar por aquele fretes ridículos que as livrarias pedem...

    E esse Tony Ferraz é autor nacional né? Não existe muita literatura policial nacional e é sempre bom mais...

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser simplesmente maravilhoso.
    Essa mistura de mistério,investigação e ação, prometem muito!

    ResponderExcluir
  8. Não gosto de The Doors, mas a capa e resenha estão ótimos. Espero ler os livros assim que o outro for lançado

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por