( Resenha ) Centelha @geracaobooks - Livro 2 da Série Em Busca de Um Novo Mundo de Amy Kathleen Ryan

Geração Editorial

Clique na capa e compre o livro na Submarino

Leia a sinopse, AQUI

Resenha



Quase todos os homens podem suportar a adversidade, mas se você quiser testar o caráter de um homem, dê-lhes poder.
Abraham Lincoln
Citação que abre o capítulo 2 

Waverly conseguiu fugir da New Horizon e retornar a sua nave junto com as meninas que resgatou, porém encontra uma a Empyrean muito diferente do que imaginava.

Leia a resenha de Brilho, livro 1, AQUI.

Kieran, que antes era perfeito, parece transformado e totalmente fanático, fazendo com que ela se lembre de Anne Matter, a doentia mulher que manipula toda a tripulação da nave inimiga. Além disso, Seth está encarcerado.
Muitas pessoas na nave acusam Waverly de não ter resgatado seus pais, e a moça sofre com a culpa. 
As lembranças do que viveu a atormentam e após se afastar de Kieran e sua doença pela religião, ela começa a trabalhar com motores a fim de se isolar de tudo e todos, e esquecer. 

É por isso que eu me escondo debaixo de tratores e colheitadeiras de grãos, pensou Waverly consigo mesma e com amargura. Ninguém pode me ver. Ninguém pode me dizer nada. E eu posso simplesmente ficar sozinha.

Porém seu sossego dura pouco, coisas sinistras estão acontecendo na nave e Kieran culpa Seth, que escapou misteriosamente da prisão. Mesmo não acreditando que 
seu amigo Seth, fosse capaz de fazer as coisas que o atual líder na Empyrean, o estava acusando, ela tem dúvidas sobre o que pensar.

Kieran está certo de que é o enviado por Deus e que Este está ao seu lado, nesta batalha contra a nave inimiga para resgatar seus pais, mas não aceita bem a distância de Waverly. Acha que ela pode estar se aliando a Seth e ser na verdade, uma traidora. 

(...) Kieran balançou a cabeça ao pensar em como tanta coisa havia mudado desde o ataque realizado pela New Horizon. Ataque esse que havia matado quase todos os adultos, deixando o comando da nave às crianças, sozinhas. Se ele pensasse nisso por muito tempo, seu coração acelerava e sua respiração ficava mais rápida.
Kieran cerrou um punho. Estava fazendo o que tinha de fazer.  (...) Duzentas e cinquenta vidas estavam em suas mãos, e era seu trabalho protegê-las (...)

Seth passou um bom tempo na prisão e percebeu que foi totalmente imaturo e se deixou levar por sentimentos de raiva e vingança, agindo de maneira imperdoável. Quer muito sair e provar que não é mais o mesmo, porém não pode contar com a ajuda de ninguém, mas inesperadamente se vê livre da prisão e foge para se esconder, deparando-se com um inimigo muito mais perigoso do que Kieran. 
Precisa caçá-lo e encontrá-lo antes que cause mais mortes e destruição, mas não pode correr o risco de ser capturado. Preso não poderá ajudar na caça  e provar suas reais intenções.

Em meio a muita adrenalina, com o corpo fraco por conta da velocidade das naves e o perigo rondando seu pescoço, Seth ainda precisa lidar com seus sentimentos por Warvely, por quem fica ainda mais atraído. 

Ela não é sua, ele lembrou a si mesmo. Ela não pode ser sua.

Centelha é narrado em terceira pessoa, mostrando os pontos de vista dos 3 personagens.
O enredo continua muito bem conduzido. Com muita tensão, ação, suspense, dúvidas, culpa, batalhas internas e luta pelo que cada um julga ser o correto. Um romance desponta e dá um pouco de alento ao coração dos personagens.  Algo inesperado e totalmente indesejado acontece no final, nos deixando na expectativa pela continuação.

Adorei Seth nesse livro. Achei que realmente se redimiu de suas atitudes totalmente exasperadas e até vi Kieran com melhores olhos do que antes, por conseguir entender como  ele pensa, apesar de não concordar com muito do que faz. Porém Waverly é minha preferida. Ela é uma lutadora, uma menina corajosa que foi obrigada a amadurecer, assim como todas as crianças da Empyrean, e demonstrou força, coragem e dedicação, mesmo com os obstáculos que não paravam de aparecer.
Outros personagens são também admiráveis em sua batalha incessante para salvar todos na nave.

Amei o livro e recomendo.


Capa original



Saiba mais sobre a Série, AQUI.


5 comentários

  1. Não li o primeiro livro.Esse tipo de trama não é o que habitualmente leio.Mas comentários positivos não faltam sobre a história.
    Se surgir uma oportunidade vou ler o primeiro,e se gostar ,passo para o segundo.

    ResponderExcluir
  2. Já terminei de ler o livro 1, (pra variar, recomendação daqui do blog) e adoreeeeeeeeeeii, vou só esperar terminar de pagar os últimos livros e partir pra ele, o que ficou mais difícil agora, depois da resenha sinf...snif...

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li o primeiro livro, gosto muito de distopia, estou bastante interessada em ler essa série, parece mesmo ser ótima.

    ResponderExcluir
  4. Pretendo ler esta série.
    Está na minha lista a algum tempo.
    Gosto de distopias e essa série está mto bem falada.
    A capa aqui do BR ficou mais bonita..=P

    ResponderExcluir
  5. Já tinha visto falar nesse livro aqui no blog e dei uma olhada, acabei adorando, a resenha ficou ótima e ajuda bastante a incentivar o leitor a ler. Parabéns meninas

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por