( Resenha ) It, A Coisa de Stephen King @Suma_BR

Suma de Letras

Clique na capa e compre o livro na Submarino

Sinopse



Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry.
Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em It : A Coisa, clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.



Resenha


Este é o primeiro livro de Stephen King que eu leio apesar de conhecer suas adaptações para o cinema, como O iluminado, A espera de um milagre, entre outros. 

O livro a princípio assusta pelo grande volume de páginas, mas o mestre do terror e suspense, Stephen King, consegue prender a atenção usando a sua habilidade de mexer com o psicológico através da riqueza dos detalhes, transportando o leitor facilmente para o enredo e transformando-o num personagem expectador, brincando com os seus medos mais irracionais, principalmente aqueles que são de sua infância. 

É um livro que aborda o valor da lealdade, da superação e da coragem de encarar os próprios medos e a amizade verdadeira de seis crianças de personalidades distintas e que apesar das diferenças se mantém fortalecida a ponto de largarem tudo, mesmo correndo riscos ao se reunirem novamente para cumprirem o pacto feito no passado.

A história é narrada em duas épocas distintas, na pacata cidade de Derry, onde ocorrem duas mortes. Em 1957, George Denbrough, irmão de Bill, ao brincar com seu barquinho de papel nas correntezas feitas pelas chuvas nas ruas, vê o seu brinquedo ir direto para o bueiro. Ao olhar dentro do bueiro, George sela a sua sentença de morte ao ver a Coisa...





“O que ele viu então era terrível o bastante para fazer suas fantasias da coisa no porão parecerem doces sonhos; o que ele viu destruiu sua sanidade em um golpe de garra.”





Em 1984 foi a vez de Adrian Mellon. As duas mortes dão início a série de assassinatos em Derry. É aí passamos a conhecer melhor a Coisa, ou melhor Parcimonioso, seu disfarce mais comum é o de palhaço, pois consegue atrair facilmente suas vítimas oferecendo balões coloridos.


“_ Eles flutuam- disse o palhaço- Aqui embaixo, todos nós flutuamos; em pouco tempo, seu amigo também vai flutuar.”

A história tem sete protagonistas. Bill (gago, se sente abandonado pelos pais, após a morte de seu irmão caçula George. É o líder do grupo), Eddie (garoto asmático, super protegido pela mãe), Ritchie( além de brincalhão é o mais valente), Benjamin ( o gordo dono de um coração de ouro, apaixonado por Bervely ), Bervely (única menina do grupo, dona de uma incrível pontaria, apaixonada por Bill), Stan (judeu, o mais certinho e cético da turma ) e Mike (garoto negro da turma). Unidos por várias razões entre elas a perseguição de Henry Bowers (garoto que persegue os Perdedores, acompanhado de seus dois amigos, Henry adora machucar o quanto pode quem quer que ache que mereça, é o típico aluno problema).

Unidos por uma amizade inabalável, o Grupo dos Perdedores ficará mais  ainda mais próximo ao investigar o desaparecimento de várias crianças e adolescentes e se deparar com a Coisa.

Os fatos são transpostos para 1985, já adultos , cada um vivendo a sua vida em lugares diferentes. Mike o único que ficou em Derry liga para os amigos para avisa-los que a Coisa voltou e que eles precisam se reunir novamente, para enfrentá-la e travar a batalha final.

A Suma das Letras está de parabéns It A Coisa tem uma tradução e diagramação perfeita, além de uma capa que apesar de assustadora, é altamente hipnotizante.

Recomendo a todos que gostam do gênero terror e que como eu, se tornaram fãs.


7 comentários

  1. Ah como falar do mestre, amoooooooooo Stephen King desde criança (sim eu li meu primeiro livro do Rei com 11 anos), minha primeira vez com o Rei foi com Carrie - A estranha, The It foi o segundo aaaaaaaaaaameeeeeeeeeeeeiii
    Dito isto, adorei a resenha, agente sente na leitura que foi gostou muito de ler o livro C Romano, mas como não gostar do rei, livro massa e tô louca por um remake do filme!!

    ResponderExcluir
  2. O livro,ainda não tive uma oportunidade de ler.Mas tenho vontade!
    Só não li ainda,porque o preço está bem alto. :-$
    Agora,o filme eu já vi. E desde então não vejo com bons olhos os palhaços. rs

    ResponderExcluir
  3. Janaina este com esta capa é o nova edição, mas tem ele com a capa antiga, ele é da década de 70 salvo memória, com a capa antiga é bem mais em conta

    ResponderExcluir
  4. Genteee, já tinha visto bastante essa capa, mais não tinha nenhum interesse de ler a sinopse, agora vi o que eu estava perdendo, comecei a viajar na sua resenha e me interessei a ler, daria um bom filme, que eu ia adora assistir.

    ResponderExcluir
  5. Ops, agora que vi que a Janaina falou que já viu o filme rsrsrsrs. Vou procura-lo, pois quero assisti-lo tbm. O palhaço realmente me assustou nessa gif.

    ResponderExcluir
  6. Este é um dos livros q assim q foi lançado pulou todos os outros na minha lista de desejados!
    SK é um máximo!!
    E neste livro ele mostra o quanto é bom neah ^^
    Esta capa está assustadora! amei!

    ResponderExcluir
  7. Apesar de não curtir muito o gênero terror, Stephen King é excelente, quero muito ler esse livro!

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por