( Resenha ) Um Dia de Cada Vez de Courtney C. Stevens @Suma_BR

Suma de Letras



Clique na capa e compre o livro na Livraria da Folha


Leia a sinopse, AQUI.

Resenha




Um dia de cada vez da escritora Courtney C. Stevens, conta a história de dois adolescentes que precisam superar grandes e dolorosos traumas.

Alexi e Bodee estudaram juntos a vida toda e durante todo esses anos pouco se falaram. Mas uma grande tragédia na família de Bodde acaba aproximando-os. O adolescente "diferente" agora é digno de pena: tornou-se o menino cujo  pai matou a mãe.

Bodee é tipo de uma árvore alta e morta no meio de uma floresta verde. Ou uma sempre-viva cercada por carvalhos no inverno. Eu mal consigo ignorá-lo, porque ele é como essas árvores. A gente nota antes de qualquer coisa.

Como as mães de Alexi e Bodee eram muito amigas, ficou acertado de Bodee morar na casa de Alexi até o final do período escolar, enquanto o pai aguardava o julgamento e o irmão mais velho se organizava para obter sua guarda.

E assim foi feito. O garoto “ Ki-suco” foi morar na casa de Alexi e aos poucos um foi se tornando parte da vida do outro.

Bodde foi o único que enxergou o pescoço arranhado de Alexi, uma das formas encontradas por ela para lidar com as difíceis lembranças do verão passado.

Não importa quanto eu arranhe, as palavras continuam na minha cabeça.
Se ao menos eu conseguisse fazer o lado de fora doer mais do que o lado de dentro.

Alexi foi quem acompanhou Bodee até a cena do crime em busca do significativo brinco de sua mãe.

Foi com Bodee que Alexi dividiu os sentimentos confusos sobre a irmã Kaila e o seu noivo Craig considerado membro da família...

Alexi também confidenciou a Bodee o seu amor pelo desconhecido que todos os dias completava a música que ela registrava na carteira da escola.

- Isso com o Capitão Letra de Música é uma das poucas coisas perfeitas na minha vida. Tipo você. Eu não quero estragar...

Muitas confidências, incertezas, medos ...

Ao longo da trama a autora, brilhantemente, comprova que viver as dores e os sofrimentos mais profundos não é nada fácil, mas é preciso. Esse foi o único e acertado caminho que Bodee e Alexi decidiram seguir juntos...

Mas hoje é melhor do que ontem. E essa dor ainda é um buraco em mim, mas é um buraco que está diminuindo...

Recomendo a todos!



15 comentários

  1. STATUS: Choreeeeeeeeeeei o mar de lagrimas maaaaaaaaaaaas amei cada momento kkk

    ResponderExcluir
  2. Essa capa chama muito atenção, ela é realmente linda... Após essa resenha me sinto na obrigação de ler o livro XD

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A capa é linda e a sinopse é interessante! Vou anotar esta dica :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Wow, não conhecia esse livro, mas adorei a dica. Acho que é o tipo de drama que nos torna próximos dos personagens, ao ponto de desejar consolá-los, não é? Já registrei entre os livros que desejo ler! (rs)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Esse livro está na listinha há tempos, mas ainda não consegui ler!
    Adorei a dica
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. OIIIIIIIIIIIIII!
    Amei a capa! Curti a sinopse e posso estar fechando a compra do livro agora. Achei muito interessante e o tipo de leitura que curto!

    Parabéns pelo ótimo trabalho!
    http://www.msbarbaraherdy.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi!

    Ao mesmo tempo que fiquei com vontade de ler também não quer ler esse livro. Acho que é o tipo de livro que eu vou amar ou odiar, sem meio termo e isso acaba me deixando dividida.

    De qualquer maneira fiquei super curiosa para saber porque "Garoto Ki Suco" IUHAUEHOUEAHEAUIHI Achei engraçado esse apelido.

    Blog:
    Cantar Em Verso . Fbook Cantar em Verso
    Pessoal:
    Fbook . silvianecasemiro@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Ma!!! Acho que eu ia sofrer lendo esse livro! Parece ótimo, mas eles sempre me envolvem que os problemas do personagens viram os meus! ahhahaha
    Amei a resenha! Linda!!! E anotei aqui! Beijãooooo

    ResponderExcluir
  9. A capa é bem legal e a sinopse expressa muito sofrimento, o que realmente é demostrado em sua resenha. Gosto de livros assim, que podem nos arrancar lágrimas, lembranças, conflitos, etc. Livro que nos passa o sentimento que o autor imprimiu na escrita, é tudo de bom. Eu sofreria muito lendo esse livro, mas né?Sinal que ele seria muito bom.


    bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá

    Essa capa é incrível. Parece ser um livro denso e envolvente, que vai levar os leitores a sofrerem juntos com os personagens. Dica anotada aqui e assim que tiver a oportunidade lerei o livro.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ola Ma adoro livros que unem as pessoas pela dor. e ambos descobrem que podem caminhar melhor com a ajuda do outro, pelo visto teremos fortes emoções nesse livro eu já tinha visto a capa e chamou muito minha atenção. Com sua resenha vou correr para ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Joss, tudo bem???
    Essa é a primeira resenha que leio sobre esse livro que já tinha chamado minha atenção só pela capa. Sabe, fiquei pensando enquanto lia sua resenha, nesse exato momento podemos ter ao nosso redor pessoas sofrendo, com problemas e nem nos damos conta disso. Você viu que eles se perceberam e se ajudaram??? isso é muito complicado, pois as vezes a pessoa não se abre.
    Acho que essa história vai me fazer chorar muito!!!!!! Dica super anotada, adorei!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Gostei muito da resenha. Não conhecia o livro e o achei muito interessante. Desde a capa e a sinopse, jovens se descobrindo através de emoções, muitas vezes sofridas. ótima dica.
    bjs.

    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Está na minha lista de compras, mas entrei no sorteio do blog, com uma lista do tamanho da minha, não custa tentar ganhar um pelo menos. Vai que eu ganhe!

    ResponderExcluir
  15. Oi Joss,

    Putz!!! Putz!! Que história. É a autora tem razão, por mais que doa é preciso encarar e viver o trauma, elabora-lo para seguir em frente senão a pessoa dá um passo para frente e dois para atrás, o quero dizer é que qualquer situação não elaborada atrasa as nossas vidas e às vezes precisamos de outra pessoa machucada para nos força e coragem.
    Obrigada pela dica.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por