Editora Valentina,

O Reino que Não Era deste Mundo de Marcos Costa @Ed_Valentina

20 janeiro Clã dos Livros 8 Comments

Editora Valentina

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Sinopse

Uma conspiração maquiavélica que beira as raias do absurdo. Mais do que duas forças políticas, duas elites disputando um ardiloso jogo de xadrez. Um tsunami prestes a engolir os donos do poder.

E você, de que lado estaria?

Nas cenas derradeiras, em 1889, o enfermo Imperador D. Pedro II está vindo de Petrópolis. No Rio de Janeiro, duas conspirações estão prestes a se chocar. Em uma das frentes, a Princesa Isabel trama a transição para o Terceiro Reinado. Na outra, os republicanos colocam em marcha planos sediciosos para proclamar a República. No meio, o Marechal Deodoro terá que escolher um dos lados. Ambas as elites caminham sobre um vulcão em erupção. 
Para entender o Brasil de hoje é preciso entender os bastidores de uma disputa pelo poder que começa em 1831 e envolve nada mais, nada menos que alguns dos principais personagens da nossa história. 
De um lado, os monarquistas, os novos-ricos, D. Pedro I, Duque de Caxias, Barão de Mauá, D. Pedro II, Princesa Isabel, Conde D’Eu; do outro, é claro, os republicanos, os escravocratas, os cafeicultores, Barão de Cotegipe, Benjamin Constant, Quintino Bocaiúva, Floriano Peixoto.

E o povo... o povo, como sempre, está à mercê de sua própria sorte, sua péssima sorte.


8 comentários:

  1. Que dilema de que lado ficar, deve ser uma boa história para conhecermos melhor esse período e a disputa pelo poder. Mas no final sempre sobra pro povo rs.

    ResponderExcluir
  2. Não é o tipo de livro que eu gosto, mas minha irá amar! Ela ama livros de conspiração maquiavélica, "duas elites disputando um ardiloso jogo de xadrez". Ela iria gostar muito. Eu já li um livro mais ou menos assim e gostei muito. Quem sabe não me identifico com esse né? Beijos :D

    ResponderExcluir
  3. Adoro conspirações, e quando são fundidas com temas históricos; fatos reais misturados a fictícios, fica muito melhor, achei super interessante a sinopse de O reino que não era deste mundo, parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  4. Não é um livro que eu leria no momento, porém, adoro livros de não ficção. A valentina caprichou na capa, ela me deixou curiosa, mesmo não estando pra esse gênero no momento. :P
    beijos,

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  5. Hey, Marissa.
    Gostei do livro, mesmo não sendo um que eu compraria.

    Abs

    ResponderExcluir
  6. Atualmente não estou numa fase desse tipo de livro, mas com certeza é um que vale muito a pena ler. Acho que vou dar de presente para a minha tia, que ama livros assim. Aí depois peço emprestado. KKKK

    ResponderExcluir
  7. Sou meio aficionada por história e conspirações . Esse livro me parece muito bom, mesmo História do Brasil não sendo a melhor. Misturar o real com o fictício é sempre interessante, pois se torna algo realmente palpável, algo passivo de ter ocorrido.
    Não tenho certeza que comprarei o livro, mas gostei bastante da ideia.

    ResponderExcluir
  8. A um equívoco nestes comentários, apesar de aceitável.
    O equívoco é ter uma visão romancista quando se diz sobre “conspiração”, “jogo de xadrez” envolvido no livro.
    Apesar do autor ter usado este artificio “romancista”. Não se pode esquecer que este, é um livro de HISTORIA.
    Não há cenas armadas ou inventadas.
    São fatos!
    É uma narrativa de fatos da nossa história, contada de forma a agradar qualquer leitor.
    Enfim....
    Eu li.
    E não tenho dúvida que aprendi mais sobre uma parte da nossa história neste livro, do que num banco escolar.
    Livro ESPETACULAR. !

    ResponderExcluir