5 Estrelas,

( Resenha ) Com Você - Livro 2 da Trilogia Fixed de Laurelin Paige @editorarocco

26 janeiro Clã dos Livros 10 Comments

Esta resenha contém trechos impróprios para menores


Editora Rocco
Fábrica 231

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse, AQUI.

Resenha


- Estou com você - disse ele novamente, enquanto suas mãos reuniram o tecido de meu vestido em torno da minha cintura ( ... )



Laurelin Paige conseguiu construir uma história sexy e envolvente, com um enredo que se difere de tantos outros pela carga emocional que os dois protagonistas carregam. 

No livro 1 da Trilogia Fixed, descobrimos que Alayna e Hudson tiveram no passado, problemas sérios de comportamento quando o assunto era relacionamentos. 

Porque eu não tinha dúvidas. Não sobre ele. Minhas dúvidas eram sobre mim, sobre se eu poderia lidar com o nosso relacionamento. E, na verdade, se eu deixasse as minhas esperanças se enraizarem - esperanças de que eu poderia finalmente ter um relacionamento verdadeiro com outra pessoa sem me perder em meus medos e nos hábitos do meu passado obsessivo (... )

Se já não bastasse a forte atração que sentem um pelo outro ( alguém por favor, liga o ventilador, estes dois juntos são muito quentes ), eles acabam se descobrindo pares perfeitos em suas imperfeições. 

Não precisei dizer que deixaria que ele me comesse mais tarde, ainda usando esses sapatos. Ele sabia. De qualquer maneira, ele seria o único a decidir qualquer coisa. Hudson poderia me dominar do jeito que quisesse.

Com Você começa com Hudson e Alayna juntos. O que a princípio era apenas um acordo comercial e muito desejo, acabou virando um relacionamento, quando Alayna se descobriu apaixonada por Hudson e viu que ele a queria por perto. Ele a leva até sua cobertura, onde nenhuma outra mulher, com quem se envolveu, já esteve. 

Para evitar problemas, os dois combinam não guardar segredos um do outro. Nunca mais. 

O relacionamento deles está bem interessante. Ficam juntos muito tempo e Alayna está sempre na cobertura dele, onde dorme todas as noites. Seu trabalho a deixa feliz, pois com novas ideias sente que pode crescer mais e fazer tudo dar certo. Não quer ser apenas a garota do chefe. 



Mas nenhum deles reconheceu a raridade que estava diante deles. Uma princesa.  (...)  
 Lágrimas ardiam nos cantos dos meus olhos. Ninguém nunca tinha me visto daquele jeito. (...) Ninguém.

Mas mesmo com tantas coisas dando certo, ela  ainda sofre com a desconfiança e insegurança características de seu problema com relacionamentos e com o medo de errar e destruir a relação dos dois. Por conta dessa insegurança, surpreendentemente, acaba se abrindo com Célia. Vocês se lembram de Célia, certo? A  mulher que deveria se casar com Hudson. Aquela escolhida por sua família.

Célia se mostra uma amiga solícita e sempre disposta a ajudar Alayna com suas dúvidas e inseguranças, dando conselhos e um ombro para se apoiar e Alayna acaba guardando segredo de seus encontros. 

- Então eu não vou dizer a ele, também - Celia colocou a mão para cima e balançou seu último dedo. - Juro.
Sua promessa me fez sentir melhor. Fez-me sentir como se eu tivesse alguém do meu lado. Fez parecer que a mentira estivesse menos propensa a explodir na minha cara.

Se já não bastasse a culpa pelos encontros e desabafos com a quase ex- de Hudson, a moça ainda se encontra acidentalmente, com alguns problemas do passado dos quais deveria manter distância.

Com intrigas, falsidade, segredos, dúvidas, inseguranças e muito ciúmes, a relação já tão frágil dos dois será capaz de resistir?

Hudson continua muito intenso e maravilhoso. A maneira como tenta lidar com seus problemas e os de Alayna mostra o quanto parece maduro e disposto a fazer tudo dar certo.

Minha respiração ficou presa em um momento de adoração completa por aquele homem na minha frente. Este homem que tinha lutado para abrir caminho através de seus próprios demônios e me deixado entrar em sua vida, ( ... ) estava tentando o máximo para ficar comigo da maneira que nós dois queríamos.

Apesar dos vacilos da moça, também achei que ela lida com algumas dificuldades com muita força e maturidade, afastando-se e se acalmando para poder enxergar com mais clareza. 

Esses problemas e a maneira como enxergamos os sentimentos de Alayna, torna a história mais verossímil e um pouco dolorosa também. 

Alguns segredos são esclarecidos em Com Você, porém novas perguntas vem para nos deixar com uma pulga ou duas, atrás da orelha.  Quero muito o próximo! <3

A trilogia entrou para a minha lista de favoritos. 
Amei e recomendo!



Confira a resenha do livro 1



Saiba mais sobre a Trilogia, AQUI.



10 comentários:

  1. Hey.
    O conteúdo pode agradar muitos leitores que gostem do gênero do livro. Valeu pela dica.

    Abs

    ResponderExcluir
  2. Bem, ainda nem li o primeiro livro e já estou querendo o segundo rsrs
    Acredito que, pela sua resenha eu vou gostar e muito dessa trilogia. É o meu tipo de leitura favorita, e eu gosto de casais que crescem, amadurecem, erram, acertam,perdoam durante a trama.
    Só uma coisinha, não gosto dessa Célia. Eu meio que acho que ela deve ser uma Vaca mentirosa e falsa hahhahaha

    Adorei!!!
    Beijinhos :*
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Taty Assis pensei a mesma coisa!! Nem li o primeiro ejá quero ler o segundo!! tipo de história que amo!! Sem casais perfeitos mas que tentam juntos superar seus traumas. E com cenas quentes então melhor ainda rsrsrrs essa trilogia já me pegou. TENHO QUE LER!! rsrsr

    ResponderExcluir
  4. E quando você acha que já leu tudo, vem Hudson e Alayna acabando com tudo!!!
    Gente se quem leu achou o 1 quente o livro 2 então aíiiiiiiiii (suspiros)
    Tõ louca pra comprar o meu pra reler again

    ResponderExcluir
  5. Nossa ainda nem li o primeiro, mas quero ler, essa série parece ser demais, daquelas que pega fogo rsrssrr. Não sei como ela confia nessa Célia ela parece ser daquelas pessoas duas caras que se faz de boazinha pra depois dar o bote.kk

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que quotes. Acho as capas desses livros lindas e achei a trama bastante envolvente. Creio que seja uma série boa. Vai dar o que falar.

    ResponderExcluir
  7. Uou, entrar pra lista de favoritos? Vou ficar de olho nessa trilogia viu? Se bem que ando pegando tanta trilogia que tá difícil finalizar hahaha mas vou anotar. quem sabe num futuro? :D




    beijos,

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  8. Nossa Marissa!
    Parece um livro intenso e com alguns dramas pessoais, o que só melhora a leitura, né?
    A capa já é de tirar o fôlego e se o relacionamento de Hudson e Alayna for por aí, o livro é bom de mesmo...
    Um final de semana tranquilo, carregado de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Como disse na resenha do primeiro livro, só se difere dos outros do seu gênero pelo fato da mocinha ter mais personalidade (nem tanta, pelo que vi nessa nova resenha).
    Eu não entendo o motivo de um relacionamento começar com algo puramente comercial, não mesmo, isso é um ponto negativo do livro ( a meu ver).
    O fato do livro tratar dessa possessividade/ciúmes (que em excesso é doença/transtorno) é algo interessante, mas só.

    ResponderExcluir
  10. Gostei do primeiro, mas nao sei se quero ler o segundo

    ResponderExcluir