( Resenha ) Hotelles, Quarto 1 - Livro 1 da Trilogia de Emma Mars @editorarocco

Editora Rocco

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse, AQUI.

Resenha




Hotelles, primeiro volume da trilogia da francesa Emma Mars, é um romance com um enredo cheio de mistérios e intrigas, que no decorrer da trama vão se desvendando, mas sempre temperado com uma boa dose de sensualidade.

A personagem principal Anabelle, uma aspirante a jornalista passa por uma situação difícil, pois sua mãe, que sempre lutou para lhe oferecer uma vida digna, fica doente exigindo um tratamento caro, que vai além de suas condições. Anabelle ou Elle se vê então, em busca de um emprego .

Sophia amiga de Elle,  trabalha como acompanhante de luxo e sabendo da sua situação a convida para o emprego. Elle acaba aceitando, mas realiza apenas encontros necessários para pagar o tratamento de sua mãe.

O local escolhido para os encontros é o Hotel des Charms, onde cada quarto é dedicado a uma famosa cortesã ou amante do passado.
O ambiente, a história e curiosidades de como explorou a sua sexualidade como amante de alguém em destaque, são descritos com riqueza de detalhes.




No meio desses encontros, num evento repleto de pessoas importantes, Elle é apresentada à David Barlett, um homem importante do meio televisivo, que se interessa por ela e então os dois iniciam um relacionamento, mantendo em segredo o trabalho dela como acompanhante

Mesmo envolvida com David, Elle se vê atraída por Louis Barlet, irmão dele, um homem sombrio, arisco, que sente prazer em provocá-la.

O enigma começa quando misteriosamente Elle recebe um caderno e passa a receber mensagens anônimas, com conteúdo sexual que parecem adivinhar os seus mais íntimos desejos. E atraída por este jogo sexual, passa a seguir suas instruções.

“Eu notara desde os primeiros envios, mas, com o tempo, o fenômeno ganhava mais precisão: as missivas licenciosas de meu assediador tinham cada vez mais a ver com os acontecimentos da minha vida. Elas procuravam se integrar a eles, explicar com minúcia e realismo pensamentos que eu poderia ter tido. O desconhecido estava ali, naquela sala de restaurante, no exato momento? Ele me observava?
Assim como não podia confessar a David minha atividade na Belas da Noite, eu também não tinha coragem de lhe falar da relação culpada que eu mantinha com o poeta louco que decidira sondar os meus mais secretos pensamentos. À sua maneira, o desconhecido já tinha ganho a partida, uma vez que eu o deixara penetrar em minha existência”.

Hotelles é um livro narrado em primeira pessoa, com muitos detalhes e personagens envolvidos numa teia de intrigas e sensualidade. Um jogo de mistérios a ser desvendado, envolvendo o leitor até o final da trama.



3 comentários

  1. Ui que massa!!!
    Gostei da ideia, lembra um pouco a ideia base de 1 milhão de desejos ou Doce Mentiras Imorais né?
    Parece ser muito legal, e acho legal a ideia de debater seus limites e "dogmas" muito interessante, já vou conferir quanto fica o frete pra So Far Far Away rsrsrsrsr!!!
    Adorei a resenha e o quote me deixou intrigada!!

    ResponderExcluir
  2. Adoro livros que tem mistério, esse deve ser muito bom, cheio de desejos. Essa historia do caderno da um toque bem especial a trama e uma certa curiosidade para saber quem é a pessoa por trás disso. Gostei da série parece que vai ser daquelas viciantes. kk

    ResponderExcluir
  3. Adoro enredos com mistérios e intrigas, porque fico tentando descobrir quem está atrás do quê ou de quem. Aguça muito a curiosidade do leitor. A capa está muito bonita e pelo o que você falou, a trama promete muito. Espero que o segundo continue no mesmo nível.
    Beijos.

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por