Autor Nacional,

O Vilarejo de Raphael Montes @Suma_BR

28 julho Clã dos Livros 0 Comments

Suma de Letras

Clique na capa e compre o livro na Saraiva


Em setembro, a Suma de Letras Brasil vai publicar O vilarejo, um romance fix up ilustrado por Marcelo Damm, voltado ao público jovem-adulto, com elementos de horror gótico e suspense, inspirados em histórias de autores como Stephen King e H.P. Lovecraft.


Sinopse



O livro é composto por sete histórias que se passam em um vilarejo isolado pela neve numa época indefinida, que remete ao período da Segunda Guerra Mundial. A trama se baseia na teoria do padre e demonologista Peter Binsfeld, que, em 1589, conectou cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente um ser do mal responsável por invocar aquele respectivo pecado nos seres humanos. Assim, cada história do livro explora um pecado capital, apresentando lenta e gradualmente a degradação dos moradores do lugar. Pouco a pouco, o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pelo frio e pela fome.

As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que uma personagem de passado misterioso tem sua vida explicada em outro momento e, por vezes, uma história esclarece — ou ainda modifica — o final de outra. Ao término da leitura, as narrativas convergem a uma única e surpreendente conclusão.

O autor se utiliza de uma trama bem urdida, narrada em tom de fábula, para explorar temas universais. Em certa medida, o vilarejo é um microcosmo de nossa sociedade, de modo que questões como preconceito, desigualdade social, ambição e doenças sexualmente transmissíveis são tratadas de maneira direta e interessante, levando o jovem leitor a uma reflexão.

As ilustrações macabras de Marcelo Damm dão o toque final à realidade de terror criada por Raphael Montes.

Sobre o autor:

Nasceu em 1990, no Rio de Janeiro. Advogado e escritor, publicou contos em diversas antologias de mistério, inclusive na Playboy e na prestigiada revista americana Ellery Queen Mystery Magazine. Suicidas (Saraiva), romance de estreia do autor, foi finalista do prêmio Benvirá de Literatura 2010, do prêmio Machado de Assis 2012 da Biblioteca Nacional e do prêmio São Paulo de Literatura 2013. Os direitos de Dias perfeitos foram vendidos para 13 países.


Conheça outras obras do autor, AQUI.

0 comentários: