5 Estrelas,

( Resenha ) Paixão Inesperada - Livro 1 da Trilogia Santa Mônica de Jill Blake

27 agosto Clã dos Livros 0 Comments

Publicação independente

Leia a sinopse, AQUI

Resenha



Eva Landry tinha uma vida complicada e isso só piorou ainda mais quando seu marido Roger foi diagnosticado com glioblastoma - a forma de tumor maligno mais comum no cérebro que na maioria dos casos, é letal - com um prognóstico desagradável. Ela também acabou descobrindo muitas mentiras escondidas por ele. Ele mantinha-se apostando em negócios sem futuro, o que acarretaria em confusão na mídia. 

“Eva tinha se apaixonado rápido e perdidamente. Como não poderia? Roger era doce, sensual, confiante, até então um pouco mulherengo – algo que ela só se deu conta algum tempo depois. Ele tinha tirado seus pés do chão, sem lhe dar a chance de recuperar o fôlego. Dentro de dois anos, eles estavam casados e Eva grávida.” 

Logo estando viúva, com seu filho Ben de apenas oito anos de idade para criar, cheia de dívidas, sem trabalho por estar afastada há um tempo considerável do mercado, enfrentando uma batalha judicial por uma parte do que tinha direito, ela sentia-se afundando. 

“Ben era a única coisa que Roger tinha lhe dado que permaneceu intocável. Ele era tão maravilhoso e um presente milagroso desde o dia em que nasceu. Ela ainda se lembrava do momento em que a enfermeira colocou o pequeno embrulhinho em seus braços, todo vermelho e enrugado, a visão mais bela que ela já tinha visto.”

Haviam se passado seis meses e tudo o que ela menos precisava naquele momento era conhecer um homem atraente que balançasse suas estruturas de um modo que o único homem que teve em sua vida não conseguiu fazer. 

“Seus dedos tocaram-se quando ele pegou as caixas e ela sentiu um frisson dentro de si. Foi tão inesperado que ela se atrapalhou e uma das caixas caiu novamente.”
“Ele riu, um som suave e sensual que provocou uma sensação oscilante na sua barriga.”

Max com seu corpo de atleta, ombros largos e bíceps bem definidos, parecia um modelo de propaganda de esportes ao ar livre, com atitudes arrogantes, sempre infame, sexy, de arrancar suspiros por onde passava. 

“Ele a via, de vez em quando de longe, mas hoje foi a primeira vez que ele realmente esteve perto o suficiente para falar com ela e tocá-la.”

Max teve uma fratura na tíbia enquanto esquiava e acabou se chocando contra uma árvore, obrigando-o a se afastar dos plantões na emergência agitada de um hospital onde trabalhava por um período de três meses e meio. Resolvendo colocar algumas ideias no papel que acabaram virando um livro, precisava de alguém profissional para tratar de todos os detalhes do lançamento e por recomendação de sua irmã Nina, melhor amiga de Eva, ela sendo uma Designer Gráfico, seria a pessoa perfeita para esse cargo, e com certeza ele não pensou duas vezes. 

“A escrita ocupou sua mente durante esse processo de recuperação frustrantemente longo.”

Tentar lutar sozinho diante das adversidades, pode ser muito diferente de deixar alguém entrar. Eva temia a aproximação por ser sempre muito precavida, enquanto Max estava sempre se arriscando em aventuras perigosas. 

“Ele não entendia. A atração entre os dois, certamente, não era unilateral. Ele podia jurar que Eva correspondia. A aceleração em sua respiração, a dilatação de suas pupilas... eram indícios, não eram?”

Um livro que me surpreendeu muito, por ser fofo apesar das pitadas de sensualidade na medida certa, que eu acabei lendo em poucas horas. Me conquistou imediatamente, com uma simplicidade incrível, personagens que despertam interesse, cada um com sua característica predominante. A autora tem uma escrita delicada e romântica, se preocupando sempre com cada detalhe. Envolvendo o leitor e deixando aquele gostinho de quero mais. 

Há uma inversão de papéis muito visível, o que me deixou ainda mais apaixonada, pois é sempre a mocinha que se entrega, saindo desse clichê. Porque o Max que era todo, liberdade e altruísmo, acabou optando por se deixar envolver, desejando ate mesmo formar uma família. Fazendo de tudo para que Eva lhe desse atenção, colocando-se a sua disposição. Tornando-se perdido sem ela, não conseguindo se manter mais nem um minuto longe. 

O livro deu enfoque à questão de como é o início da carreira de um autor, que é mais difícil do que se imagina, necessita de muita dedicação e tempo disponível, o que deve ser valorizado, seja pela sociedade, leitores e editoras. 

Paixão Inesperada é o primeiro volume pertencente à Trilogia Santa Monica. Estou ansiosa para ler os próximos dois livros que prometem ser ainda mais incríveis, sendo cada um sobre a história de um casal diferente, secundário neste.


0 comentários: