5 Estrelas,

( Resenha ) Armas da Sedução - Livro 3 da Série Homens Marcados de Jay Crownover @VREditoras

16 novembro Clã dos Livros 0 Comments

V&R Editoras

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse, AQUI.

Resenha


Não tem como negar que os irmãos da família Archer ganharam a loteria genética. (...) É impossível para o meu lado mulherzinha não reparar nele. (...) Ele emana aquele ar impetuoso de quem resolve as paradas, e eu não devia achar isso atraente, mas acho, e muito. Ele é tão gato quanto irritante.


Quem acompanha a Série Homens Marcados conhece um pouco dos protagonistas de Armas da Sedução: Cora e Rome.


Cora é a gerente do estúdio de tatuagens Homens Marcados e trabalha junto com seus meninos. Sim, seus. Ela cuida de todos eles e também é  como a irmã caçula de Rule, Nash e Rodwy. 

Para quem ainda não conhece, ela é como uma fadinha rebelde. Pequena, delicada, com cabelos curtos, loiros, arrepiados e super colorida. Colorida na pele, que tem tatuagens interessantes, alguns piercings e também nas roupas. Mas não se engane, ela é como uma tempestade: desbocada, durona e cheia de opinião.



(...) aqueles olhos azuis demais estavam me deixando sem graça. Só que não de um jeito "esse sujeito é um cuzão". Estava mais para "preciso muito vê-lo sem camisa".


Rome Archer é o irmão mais velho de Rule. Ele é o herói da família. Sempre cuidou de todos e como militar comandou algumas equipes em combates importantes no Afeganistão, mas após se machucar gravemente, voltou para casa. 

Porém o Sargento Rome Archer não voltou inteiro. Seu corpo estava bem apesar de carregar muitas cicatrizes, mas ele tinha algo muito quebrado, que o desestabilizava e não lhe deixava ser o mesmo Rome de antes.





Além das brutais lembranças de combate e mortes que o atormentam, Rome não se sente parte de lugar nenhum. Ele é um guerreiro e não sabe o que fazer com sua nova vida.

Me acostumei a todo mundo precisar de mim, contar comigo. E, agora que ninguém mais precisa, simplesmente não sei o que fazer. Para ser sincero, isso me assusta muito mais do que uma zona de guerra ou uma briga de bar com um bando de motoqueiros armados.

Todos o amam. Ele é confiável e protetor, um herói, mas Cora não consegue entender como um homem tão querido pode ser tão rude e grosseiro. Ele sempre agia de maneira muito agressiva com seu irmão e amigos e em um desses dias acabou provocando a fúria da fadinha.

Essa primeira interação entre os dois foi interessante, e abriu brechas para que ambos começassem a se observar um pouco mais. E em uma noite a atração, que nenhum deles esperava, chegou com força total.

Após uma enorme decepção amorosa que quase a destruiu, Cora estava decidida a procurar o homem perfeito, um príncipe encantado, mas se envolver com Rome mexeu com sua líbido, seu coração e sua cabeça, fazendo-a perceber que as vezes um guerreiro imperfeito é o mais perfeito dos príncipes.

Não posso ignorar que rolou alguma coisa entre a gente e que está mais do que na hora de eu deixar de ser medrosa e descobrir que coisa foi essa.

Rome precisa de ajuda. Ele está enfrentando muitas tormentas ao mesmo tempo. Mas a chegada de uma pequena fadinha que entra em sua vida como um furacão, trouxe cor para seu mundo cheio de cicatrizes. Ele se sente muito bem quando está com Cora e os dois juntos são perfeitos. 





Armas da Sedução nos traz muito dos dramas pessoais vividos pelos protagonistas. Muito sofrimento, mágoas e traumas, mas também vemos aqui uma bonita história de amor e uma chance de libertação. Libertação do passado, das angústias e culpas.


Os apaixonados pela série vão amar a aparição dos personagens dos livros anteriores e o progresso de suas relações. Os protagonistas dos próximos livros também aparecem nos fazendo torcer para que todos os livros cheguem ao Brasil logo, logo. 

Armas da Sedução tem tudo para ser perfeito: Romance, cenas quentes de ligar o ventilador (uauuu a autora arrasa nas cenas eróticas), drama, ação e muita emoção. 



Os capítulos intercalam a narração em primeira pessoa dos dois protagonistas o que é maravilhoso.


A narrativa de Jay Crownover é totalmente apaixonante e irresistível. Quando estava chegando às últimas páginas comecei a lamentar ... Não queria que acabasse.

- Por que morro de medo de falar alguma coisa errada. E, neste momento, ficar com você é a única coisa segura e real que tenho... Você é tão colorida, tão vibrante, que nunca se perde nas trevas da minha cabeça. Não quero por isso a perder.
O livro é maravilhoso e quando terminei, é claro que bateu aquela ressaca. 
Amei e recomendo!

Capa original



Saiba mais sobre a Série, AQUI.


0 comentários: