5 Estrelas,

( Resenha ) O Calor do Vaqueiro - Livro 1 da Série Hell Yeah de Sable Hunter @QualisEditora

23 fevereiro Ingrid 0 Comments

Editora Qualis

Clique na capa e compre o livro no site da editora

Leia a sinopse AQUI.

Resenha



Libby Fontaine está cansada de ver piedade nos olhos das pessoas que sabem sobre sua leucemia, mantendo-se por oito anos afastada de todos, sozinha, pois já não tinha mais seus pais com ela, refém do câncer. Assim que seu médico Dr. Mulligan lhe fala sobre uma possível remissão da doença, que costuma durar até dois anos, tudo o que ela mais deseja é viver como uma mulher normal, sendo pelo tempo que fosse. 


“— Libby, eu não vou precisar te ver de novo por pelo menos seis semanas. Nós vamos fazer mais testes quando você voltar. Nós vamos ser capazes de dizer, pela análise do seu hemograma se esta remissão é verdadeira ou apenas uma elevação temporária à mais recente transfusão de sangue. Por enquanto, porém, eu quero que você saia desta cama e viva a vida tão profundamente quando você puder.”

Libby vai para o Rancho Tebow, para substituir por alguns meses a cozinheira Bess, amiga de muitos anos de sua falecida mãe, que precisou cuidar da neta. Lá a moça cuidará dos seis irmãos McCoys, sendo cinco tão sexys como o pecado e todos na idade de casar. Mas o único que sempre a interessou foi Aron e ela estava disposta a agradá-lo. Libby nunca perdeu um de seus jogos, sempre o acompanhou de longe, mas nunca foi notada, pois a leucemia a levou para longe da sociedade. 

Após um casamento fracassado com a mulher errada, Sabrina Jones, que não tinha nenhuma vocação para esposa e muito menos para a maternidade, negando-se a cuidar de seu irmão mais novo de treze anos de idade, Nathan, que nasceu com dislexia, Aron se sentia incapaz de encontrar alguém que o amasse de verdade. 

O único que sabia sobre o estado de saúde de Libby era Jacob, um dos irmãos que estudou com ela no ensino médio, disposto a ajudá-la guardando seu segredo e intervindo somente se houvesse algum problema. 

“Libby não tinha ideia de que Jacob sabia de sua fascinação por seu irmão mais velho. Se ela soubesse, provavelmente nunca teria concordado em ajuda-los.
Jacob torcia para Aron encontrar alguém para amar, e estava convencido de que a mulher perfeita para o trabalho era Libby Fontaine.”

Todos eram muito hospitaleiros, mas Libby se apegou imediatamente a Nathan, com instinto materno aflorado, passou a mimá-lo já que a possibilidade de ter filhos era quase nula. 

“Aron McCoy entrou na sala de jantar. Quando ele viu a bonequinha delicada parada ali no meio de sua indisciplinada família, ele sentiu como se alguém o tivesse golpeado na cabeça com um 2x4. Enquanto seu olhar avidamente moveu-se para cima e para baixo de suas curvas requintadas, ele sentiu uma agitação em sua calça jeans e sua pressão arterial subiu como um foguete, uma súbita explosão de calor correndo por seu corpo.
Senhor tenha misericórdia!”

Ele foi o primeiro beijo de Libby que ainda era virgem, e as poucas coisas que sabia a respeito de sexo era o que lia nos livros eróticos. Ao descobrir isso, Aron recuou, assustado com a possibilidade de deflorá-la, mas com a certeza, de que, não conseguiria se manter longe. 

“— Libby, posso beijar você? – ele moveu seus polegares sobre o belo rubor rosa em suas bochechas. — Não diga não. Eu acho que vou morrer se não conseguir sentir seu gosto.
— Por favor – foi tudo que ela conseguiu dizer.”


A autora possui uma escrita leve, descrevendo as cenas quentes de forma delicada, com muita harmonia, sem palavras grosseiras. Uma leitura rápida e deliciosa, com apenas 158 páginas. Os personagens são intensos e verdadeiros, exalando sensualidade, e o romance é lindo. O cenário é muito bem descrito, eu me senti vivendo nele, sentindo a tranquilidade do campo. 

Uma história marcante, emocionante, cheia de reviravoltas, apesar de os acontecimentos serem rápidos, tudo se encaixa perfeitamente. O final me surpreendeu muito, não sendo um clichê por se tratar de uma doença como esta. 

A capa é bonita, atraente. Encontrei algumas palavras sem sentido, devido a um erro ou outro na tradução, mas nada que comprometesse a leitura. Dou cinco estrelas e recomendo!



O próximo livro da série já teve a capa revelada.


0 comentários: