( Resenha ) Sob a Luz dos Seus Olhos de Chris Melo @editorarocco

Editora Rocco

Clique na capa e compre o livro na Saraiva



Leia a sinopse AQUI.

Resenha




Elisa, Lisa ou Liz, tem 29 anos de idade, é filha única, formada em Letras, editora de uma revista feminina, tem um livro publicado, mora em São Paulo, possui uma vida muito bem estruturada, apesar de não poder dizer o mesmo do seu coração que nunca se recuperou. 

“Os dias, os feitos e os fatos fizeram de mim uma mulher séria, confiante e segura. A “pequena Lisa” alegre que um dia eu fui agora está trancada em uma caixa com todas as outras lembranças, e, por mais que eu a ame, não há mais espaço para ela na minha vida.”

Receber um e-mail de Paul, que diz estar vindo ao Brasil e que vai se hospedar em um hotel no Rio de Janeiro, com pretensões de vê-la, deixa Elisa muito mexida. Ela passou os últimos seis anos de sua vida fingindo não conhecê-lo, mantendo-o no passado. Então hesita em responder, passa a noite em claro sem saber como agir, mas acaba se dando por vencida.

“Depois de quase seis anos de absoluto silêncio, não esperava mais nenhuma forma de reaproximação, muito menos desse tipo.”

Carolina, Carol, é sua melhor amiga. Uma médica que se dedica de corpo e alma ao trabalho, é casada e tem uma filha, Bel. Carol é do tipo de pessoa que fala por duas. Já Elisa é do tipo contida, prefere guardar os pensamentos e sentimentos pra si, principalmente quando isso envolve o tempo que passou na Inglaterra.

Elisa encontrou em Cadu, Carlos Eduardo, seu vizinho há dois anos, alguém compatível com o que ela procurava. Trabalhavam na mesma área, ele era charmoso, gente boa, o que lhe proporcionava uma vida normal, sem grandes acontecimentos e expectativas, nada sério, mas confortável, algo com qual poderia facilmente se acostumar. 
“Na época, eu tinha acabado de completar 23 anos, estava em outro país e me sentia em um universo paralelo no qual tudo era romanticamente possível. Delírios são perfeitamente aceitáveis, certo? Acreditar que um sonho poderia se tornar realidade bem no meio da minha vida combinava com tudo o que aconteceu. Eu tinha a idade perfeita, estava na cidade ideal e Paul caía como uma luva no papel de príncipe.”

Aos 23 anos, sendo estagiária de uma editora britânica com filial em São Paulo, Elisa se inscreveu num programa de intercâmbio na Inglaterra, conseguindo uma bolsa parcial, optou por passar alguns dias em York antes de ir para Londres, seu destino, e lá conheceu Paul Hendsen, um inglês, formado em Artes Cênicas, um ator, filho do casal que lhe ofereceu estadia.

“Minha relação com Paul se aprofunda à velocidade da luz. O fato de morarmos juntos contribui muito. Faz quase dois meses desde aquela noite repleta de salsa, olhares e desejos, mas quando ele deita a cabeça sobre os meus joelhos enquanto eu leio um novo manuscrito, parece que o conheço há muitos anos, muitas vidas.”

Paul recebe uma proposta irrecusável para ser protagonista de um filme, e para isso precisa viajar com frequência e ficar algum tempo longe, o que acaba distanciando-os, pois sua agenda está sempre lotada de compromissos. Na mesma época Elisa recebe uma notícia ruim sobre sua saúde e precisa viajar repentinamente para o Brasil, sem dar muitas explicações, tornando-se evasiva ao ponto de ambos desistirem de tudo que haviam sonhado realizar juntos, seguindo caminhos diferentes. 

“— Não sei o que é, mas tem uma parte minha que só faz sentido quando estou com você. Parece que a peça que falta está sempre com você, porque é só quando estamos perto que tudo se completa.”


Ele se torna um astro, perseguido por fotógrafos e fãs enlouquecidas, e ela uma editora promissora, com uma vida estável, tranquila. Entretanto, com o retorno de Paul, os dois precisam tomar uma grande decisão, definir de uma vez por todas qual caminho seguir. 

Uma história linda, emocionante, que me marcou muito, trouxe lições importantes, sendo uma delas - que o amor puro e verdadeiro pode superar tudo até as maiores adversidades da vida, e é necessário que enfrentemos nossos maiores medos ouvindo nosso coração.

Sorri e chorei, vivi os momentos felizes e também os tristes junto com os personagens, que são simplesmente incríveis. Realmente a Chris me lembrou muito Nicholas Sparks.

Ela escreve de forma precisa, tocante, prende o leitor do início ao fim, fazendo com que a leitura flua muito rápido. Sendo criativa, saindo do modo clichê costumeiro, surpreendendo, conseguiu destroçar meu coração.

“Não sei o tipo de conexão que as pessoas possuem com os livros, mas eu sempre os imagino como testemunhas de pessoas e lugares que eu jamais conheceria se não fosse através deles, sempre leio como se estivesse abrindo uma garrafa e retirando dele a mensagem secreta que, em algum momento, foi lançada ao mar, na esperança das ondas encontrarem seu destino.”

Nesse ponto me identifiquei muito com Elisa, porque eu penso o mesmo. <3 
Dou cinco estrelas, favorito e recomendo!



3 comentários

  1. Olá Ingrid,

    Não conhecia essa autora, mas a história parece ser bem interessante! E se ela lembra o Nicholas Sparks, com certeza tem muito chance de eu gostar bastante! Mais um livro para minha lista!

    Parabéns pela resenha! =)

    www.booksimpressions.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Parabéns pela resenha.
    A gente tem uma playlist com as músicas dos capítulos: http://www.rocco.com.br/blog/sob-a-luz-dos-seus-olhos/

    =D

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por