5 Estrelas,

( Resenha ) Desintegrados - Livro 2 da Série Fragmentados de Neal Shusterman @Novo_Conceito

19 fevereiro Ingrid 7 Comments

Editora Novo Conceito

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse AQUI.

Resenha





“Ninguém sabe realmente o que acontece dentro dos campos de colheita, e aqueles que descobrem não estão exatamente por aí para contar como foi.”

Além de ter se tornado uma prática absurdamente comum, a Fragmentação passou a ser também um negócio muito lucrativo, que envolve grandes interesses políticos. Diante disso, os poderosos, com toda a sua pompa, pretendem expandi-lo para tornar os lucros ainda maiores e mais vantajosos. 

“Pulsos. Tornozelos. Pescoço. Amarrados. Coçando. Coçando tudo. Não dá pra se mexer.”

Cam é um menino refeito, cujo rosto é um pesadelo. Um tipo de Frankenstein, que será inserido entre os humanos. A cada dia é exigido mais dele, tanto física como mentalmente, mas nada disso recebe explicação. 

“A triste verdade sobre a espécie humana, a garota percebeu depressa, é que as pessoas acreditam no que ouvem. Talvez não da primeira vez, mas, na centésima vez, a mais maluca das ideias simplesmente se torna fato.”

Connor Lassiter, é um fragmentário fugitivo de Ohio, o responsável pela revolta no Campo de Colheita Happy Jack. Ele foi dado como morto e comanda o Cemitério, um lugar onde se refugiam aqueles que estão destinados a fragmentação. 

Risa é a única moradora permanentemente incapacitada no Cemitério, confinada a uma cadeira de rodas. Já que os incapacitados são uma classe protegida, não correm o risco de ser fragmentados, então, nunca aparecem por lá. Enquanto isso, Lev está envolvido no resgate aos fragmentários, sendo adorado como um verdadeiro deus. 

“No começo, foi dolorosamente embaraçoso. Mas dentro de poucos meses Lev tornou-se muito bom em tocar o coração dos estranhos, descobrindo o que o fazia bater e depois neutralizando-o antes que essas batidas se tornassem a contagem regressiva de uma bomba-relógio.”

Depois de tudo pelo que passaram, eles finalmente descobriram a verdade aterrorizante por trás da Fragmentação. 

Um romance distópico impactante e impressionante, com momentos de horror, que desafia o leitor da primeira à última página. Dividido em sete partes, é narrado em primeira pessoa e intercala entre os pontos de vista dos personagens, dando mais profundidade a história. 

A escrita do autor está mais inteligente. Os personagens amadureceram e estão mais realistas. 

A capa é incrível, sombria e sustenta o título. A diagramação é simples e a revisão ótima. 

Dou cinco estrelas e recomendo!!!


7 comentários:

  1. Qual a verdade por trás da fragmentação???? Confesso que não entendo bem como funciona e nem os critérios por isso estou curiosa para ler

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ingrid!
    Como eu disse na resenha de Fragmentados, não curto distopia, mas concordo com você, a capa de Desintegrados tá incrível, a Novo Conceito arrasou!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Ingrid!
    Pude ler Fragmentados e apesar de não concordar muito com a ideia da fragmentação, foi um dos melhores livros de distopia que já li e ver que a continuação parece ainda melhor com a criação de um ser 'perfeito' através das partes dos fragmentados, deixou minha curiosidade nas alturas.
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Achei que historia mudar de contexto rápido, não sei como explicar exatamente, só lendo o livro pra ter certeza também. Mas isso é uma coisa boa. Por ser um gênero de distopia, eu gostei bastante, pois é uns dos meus favoritos. Só estou morrendo de curiosidade de descobrir mais sobre a vida de Cam

    ResponderExcluir
  5. Terá um terceiro livro?! Tem ideia do nome ou quando será lançado?!

    ResponderExcluir
  6. Quando saira o terceiro livro?

    ResponderExcluir