( Resenha ) A Profecia do Pássaro de Fogo - Livro 1 da Trilogia Echo de Melissa Grey @EditoraSeguinte

Editora Seguinte
Leia a sinopse AQUI.

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Resenha




Echo morava em um cômodo escondido na Biblioteca Pública de Nova York, o qual chamava de lar. Ela tinha estabelecido havia muito tempo, uma rota que desviava dos funcionários, que contavam os minutos até o fim do expediente e não precisava se preocupar com câmeras porque era uma zona livre delas. Felizmente não precisava mais roubar comida para sobreviver, como quando era criança, mas algumas oportunidades eram boas demais para deixar passar. 

“— Porque você fica aqui, Echo? Por ir para o Ninho e viver com a gente. Conheço alguns pequenos Avicen que não se importariam de ter você por perto.
— Preciso do meu espaço. — Foi tudo o que Echo disse. 
O que ela não disse é que precisava de espaço longe dos Avicen.”

Echo não queria estar entre os Avicen porque não era igual, afinal, sua pele lisa sem as penas coloridas que decoravam os membros deles era o suficiente para indicar que não pertencia àquele grupo. Ela sentia que sua presença atrapalhava a ordem natural das coisas. 

Ala encontrou Echo sozinha e faminta quando ainda era apenas uma criança. Através de Ala, que tornou-se sua guardiã, Echo conheceu os Avicen. 

“— O pássaro de fogo é real. — Ele vinha cantando essa canção há cem anos, e Tanith ainda se recusava a acreditar. — É real, e é nossa única esperança de acabar com esta guerra.”

A ganancia dos Avicen por poder iniciou uma guerra com os Drakharin, uma raça que possuía escamas sobre a pele. Antes, os Drakharin tinham magia suficiente para se transformar em dragões, pairavam pelos céus e soltavam fogo em seus inimigos. No entanto, alguns membros de ambas as raças ainda acreditavam que a profecia do pássaro de fogo não passava de um conto de fadas, contudo, todo conto de fadas tem um fundo de verdade. 

“— “Onde nascem as flores, seu caminho vai achar através do fogo e da escuridão, mas fique ciente do preço a pagar, pois apenas os dignos meu nome saberão.” — Ela franziu a testa e olhou para a Ala. — Não entendo. O que é tão importante em um mapa de Kyoto de cem anos com um verso estranho?”

De acordo com as profecias dos Avicen, o pássaro de fogo acabaria com a guerra contra os Drakharin, mas a natureza do fim dependia de quem o controlaria. Logo, Echo foi enviada por Ala para encontrar o pássaro de fogo antes dos Drakharin, determinada a impedir que os Avicen fossem extintos. 

“— Quero que você siga esse mapa. Se ele levar a alguma pista sobre a localização do pássaro de fogo, quero descobrir antes de Altair, ou de qualquer outra pessoa. Não posso ficar vagando pelo Japão, pois Kyoto está nas mãos dos Drakharin. Mas você é humana. Sua presença passará despercebida. — Ela pigarreou e alisou a saia. — Se não quiser ir, não vou te obrigar. Você é apenas uma criança, afinal.”

Um New Adult de fantasia, extremamente criativo e cativante. Narrado em terceira pessoa permite maior conhecimento sobre cada um dos personagens e da trama em que estão inseridos. 

A escrita da autora é sensacional, transporta facilmente o leitor para dentro da história, provocando e instigando. Estou ansiosa para ler a continuação. 

A capa é linda, composta por detalhes incríveis e letras em baixo relevo. A diagramação é delicada e harmoniosa. A revisão é ótima. 

Dou cinco estrelas, favorito e recomendo para todos que procuram uma leitura surpreendente!!!


7 comentários

  1. Esse não é muito o meu estilo literário, mas achei a capa lindíssima e a narração interessante, já li livros assim e é preciso ter muito "jogo de cintura" na hora de escrever para fazer funcionar, a escritora deve ser muito boa. Fiquei curiosa!

    ResponderExcluir
  2. Ingrid!
    Gosto muito de livros de fantasia que trazem magia e dragões, luta entre os povos e ainda muita aventura.
    O livro parece fenomenal e quero poder ler.
    “A juventude é a época de se estudar a sabedoria; a velhice é a época de a praticar.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não sei se gostei ou não da capa, mas posso dizer que ela é bem impactante. Gosto de livros que falam sobre livros magia, raças e toda essa atmosfera. Acho que eu comprei esse livro em inglês, não tenho certeza, ao menos a sinopse é muito parecida. Traduzindo literalmente seria algo do tipo "a garota com penas" ou algo assim. Me chama atenção toda essa vibe meio a autora do feita de fumaça e osso, sabe? Eu adoro tanto isso <3 espero gostar do livro tanto quanto tu. beijos

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz que tenha gostado e de saber que o livro é muito criativo, já tenho ele a um tempo na minha lista de desejados, quero ver se leio em breve. Essa capa é linda, tanto a imagem quando a cor.

    ResponderExcluir
  5. Amo livros que falem alguma coisa sobre biblioteca. Mas o estilo não me agradou muito, muita fantasia que foge do tipo de leitura que estou habituada. E fantasia não é o estilo que leio com frequência.

    ResponderExcluir
  6. Nunca li livros do gênero NA de fantasia, e foi isso o que mais me fez ter vontade de ler esse livro, além do mais a estória em si me pareceu ser muito criativa e cativante. De forma geral gostei muito da sua descrição em relação a sua leitura, e alguns pontos foram essenciais para perceber o quanto está trama e surpreendente.

    ResponderExcluir
  7. Acho que nunca tinha lido uma resenha sobre esse livro mais gostei muito do livro principalmente por que adoro fantasias!!
    Bjoss

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por