( Resenha ) Amor para um Escocês @gutenberg_ed - Livro 2 da Série Escândalos e Canalhas de Sarah MacLean

Editora Gutenberg
Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse AQUI.

Resenha


Amor para um Escocês é o livro 2 da Série Escândalos e Canalhas de Sarah MacLean.

Leia a resenha do livro 1 AQUI.


Essa série é recheada de escândalos interessantes, todos publicados nas revistas e jornais de fofocas da época.

Sarah MacLean é uma diva de romances de época e esta é mais uma série da autora, publicada pela Editora Gutenberg. O que mais curti neste livro foi ver um pouco das outras séries aparecerem por aqui, como se estivessem interligadas. Muito...muito divertido!

Eu amei todos os livros que li dela até hoje e fico na torcida para que venham ainda mais.
Mulheres inglesas deveriam ser dóceis e submissas. Mas, aparentemente, ninguém havia contado isso para Lillian Hargrove.

Lilian Hargrove foi a responsável pelo escândalo da vez.  A jovem perdeu o pai cedo e foi deixada aos cuidados do Duque de Warnick, que a tratava bem, porém ela vivia entre dois mundos, pois não era uma empregada e também não era uma nobre. Mas o pior ainda estava por vir ... 

O Duque morreu e sucessivamente duques assumiram, de acordo com a linha sucessória. Vários deles morreram e o último a herdar o título foi o escocês com descendência inglesa, Alec Stuart. Ele era o 17º na linha sucessória. Mas Alec detesta a Inglaterra e tudo o que vem dela. Ele não se importa com seu título e deixa tudo ao encargo do guardião legal na Inglaterra. 

Até que o escândalo acontece.

Como já tinha dito, além de perder seu tutor inúmeras vezes e ficar sem nenhum quando Alec assumiu, a jovem ficava isolada e sempre solitária, pois não era acolhida pelos empregados, que não a consideravam e nem mesmo pela nobreza, que a desprezava. Por isso quando recebeu uma inesperada atenção de um artista liber(cre)tino, acabou caindo em uma terrível armadilha, pois acreditou no amor dele. Agora o artista tinha em mãos uma pintura de nu da jovem, que estava arruinada perante toda a sociedade e permanentemente "nas bocas" das fofoqueiras de plantão. 

Apesar da notícia da existência da pintura já ter se espalhado, ninguém ainda tinha visto e por isso, o guardião das propriedades do Duque Warnick, resolveu avisar ao novo nobre sobre a situação delicada de sua pupila. 
Até o momento em que uma carta chegou, revelando que, além das propriedades, dos criados, das pinturas e tapeçarias que ele tinha herdado, além do título que ele não pretendia usar, o Duque de Warnick havia herdado algo mais.
Uma mulher.
E é então que um certo escocês que abominava tudo o que era inglês, se vê obrigado a vir até a Inglaterra, a fim de auxiliar sua pupila e conseguir-lhe um bom casamento. O que ele não esperava era se deparar com a jovem mais linda que já tinha visto. Ela era inteligente, um tanto atrevida e não queria a ajuda dele.
- É uma pena, porque eu não estou interessada em você.
- Deveria estar. Pelo que sei, guardiões têm certo controle sobre suas pupilas.
- Sou uma pupila do Ducado de Warnick, eu não seria tão possessivo se fosse você.(...)
- Vocês, duques, têm o hábito de morrer.
Os dois iniciam então uma relação que me rendeu muitas risadas. Ele quer casá-la para poder voltar para a Escócia e ela só está em busca de liberdade e do amor. Em meio a busca por uma marido nobre (que precise do dinheiro do dote, agora oferecido pelo Duque de Warnick), os dois acabam se vendo e se conhecendo cada vez mais. 
Alec precisava casar aquela mulher. Ainda que isso o matasse, ele precisava fazer a coisa certa e casar Lillian ... Mas, primeiro, precisava de uma bebida. 
E apesar das primeiras impressões ...

Ambos sentem-se muito atraídos e descobrem que são muito mais do que aparentavam. Porém existe uma enorme resistência por parte do bruto escocês, que não acredita ser bom o suficiente para Lilian. 
Ele era grande demais, escocês demais, abrutalhado demais. Ele não era para casar. Ele não era o homem que ela merecia. (...) Precisava se afastar dela.
Ele é um escocês "delicioso". Um cavalheiro, apesar de algumas brutalidades... protetor e apaixonado. Ela é uma jovem inteligente e muito interessante. Quer ter as rédeas de sua própria vida e vai nos surpreender com a ajuda de outras mulheres também incríveis. 

A paixão entre eles é envolvente e irresistível e ficamos torcendo para que tudo se resolva, e olha que neste enredo existem muitas questões para serem resolvidas. 

Como sempre os enredos de Sarah MacLean são irresistíveis. Lindas histórias de amor com personagens interessantes e sedutores, diálogos divertidos, cenas quentíssimas, uma pitada de drama e aventura. 

 A capa é simplesmente maravilhosa. Uma das mais lindas que já vi em um romance de época. A diagramação é linda e agradável, com os capítulos abrindo como se fossem notícias do jornal de fofocas. O livro é todo narrado em terceira pessoa. 

Amei e recomendo!

Conheça outras séries da autora, publicadas no Brasil clicando AQUI.

  

Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por