( Resenha ) Sinceramente Carter de Whitney G. @univdoslivros

Universo dos Livros
Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse AQUI.

Resenha

Eu amo clichês e este é um livro puro clichê. Aqui vemos a história de dois melhores amigos desde a infância, que se apaixonam depois de adultos.

Sinceramente, Carter é um livro delicioso. Romântico, quente (Uauuu), engraçado e muito bem conduzido. 
Tipo ... o meu número. Ai...ai.


Carter e Arizona se tornaram amigos no 4º ano ou no 5º ano. É claro que antes de serem amigos, se odiavam e implicavam um com o outro incansavelmente. Até que um dia, descobriram o quanto eram parecidos e desde então, não deixaram de se ver, ou se falar. Os dois cresceram "juntos". 

Carter cheio de mulheres e Arizona tentando conseguir um par com o qual se sentisse confortável para manter um relacionamento íntimo de verdade. Ela é mesmo uma garota certinha e gosta de planejar o que vai fazer, escolher bem e pensar antes de dar o próximo passo. Já Carter é um mulherengo, e seus relacionamentos nunca duram muito. Mas isso estava para mudar.

Eles viviam trocando mensagens e se mantendo atualizados sobre o que estavam fazendo, com quem estavam saindo e por ai vai. Também se encontravam com frequência em seu restaurante preferido, onde passavam um bom tempo conversando. 

- Você quer dizer que eu jamais aturaria você. Não bastasse você ser o pior namorado da história dos namorados, também não faz o meu tipo.
- É claro. (...) Excepcionalmente sensual, musculoso e com habilidade de fazer qualquer mulher querer dormir comigo logo depois do primeiro encontro. Tudo isso só é defeito da sua cabeça. 

Só que, de um dia para o outro, os dois começaram a se sentir atraídos, de maneira inexplicável, já que até a véspera nada de diferente tinha acontecido. Foi como um despertar, bem interessante e também engraçado. Ao se olharem, começaram a se ver de maneira diferente. 
Usando blusinha rosa e calça jeans, ela andava totalmente desligada - sem se importar com nada no mundo. Seus longos cabelos castanhos voavam ao vento e, por algum motivo, não consegui desviar meu olhar dela.
E a partir do momento que Carter viu em Arizona uma mulher linda, atraente e muito interessante, não conseguia parar de pensar no quanto seria bom estar com ela em seus braços. E então em meio aos momentos corriqueiros da amizade dos dois, ele começa a flertar e tentar se aproximar mais. 
Os pensamentos que atravessavam a minha mente - rasgar aquela blusinha, tirar a calça jeans e deixar Arizona totalmente nua e aberta em cima do capô - precisavam sumir o mais rápido possível ...
Puta que pariu...
Arizona também começou a ver em Carter o homem irresistível e sedutor que sempre foi, mas por quem, antes ela nunca tinha se sentido atraída. 


Ele passou a mão por seus cabelos negros e, de repente, eu me vi ajudando-o a fazer aquilo, eu me vi correndo a mão e a língua por seu abdômen e mais para baixo, até o "V" perfeitamente definido que levava ao seu ...
Ai, meu Deus...
Desviei imediatamente o olhar. Mas olhei para ele outra vez. Eu não conseguia resistir.
Como eu pude não ter percebido isso?
Então os dois vivem momentos de grande tensão sexual e uma enorme resistência, com medo do que estava acontecendo e do que tudo isso poderia causar, na relação tão forte que eles mantinham.

E quando finalmente Carter e Arizona tem sua primeira noite juntos, eles prometem que nada vai mudar na relação, mas depois de experimentar a paixão e saber o quanto combinavam, será que os dois seriam capazes de resistir um ao outro?

O livro é todo narrado em primeira pessoa intercalando Carter e Arizona e também o passado e o presente, de maneira que podemos ver como o relacionamento dos dois começou e foi se desenrolando na infância e na adolescência. Enquanto isso, também acompanhamos como eles começam a se interessar um pelo outro e sentimentos maiores que a amizade brotam. 

Carter é aquele protagonista delícia, que conquista  a gente logo de cara. Arizona é uma personagem interessante e inteligente, mas bem real, com quem pude me identificar rapidinho, então imaginem a minha conexão com o enredo... Pura delícia!

A diagramação é linda com os bilhetinhos, emails e mensagens em formato diferente. O nome do livro foi retirado da despedida que Carter coloca em todos os bilhetes e mensagens. Os capítulos recebem nomes de músicas da Taylor Swift e a capa (é claro que vocês já perceberam) segue a original e é linda demais. 


Com um romance gostoso e clichê, cenas engraçadas  e também muito quentes, Sinceramente, Carter entrou para a minha lista de queridinhos. 
Adorei e recomendo!

Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por