5 Estrelas,

( Resenha ) Sorrisos Quebrados de Sofia Silva @EdValentina

22 outubro Ingrid 0 Comments

Editora Valentina
Leia a sinopse AQUI.
Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Resenha



“Como alguém vai acreditar em mim se ele parece ser um príncipe: alto, loiro, olhos claros e de sorriso apaixonado em todas as fotos? As mesmas fotos que, se alguém analisar com atenção, percebe que o meu sorriso vai diminuindo e a mão dele na minha cintura vai aumentando, apertando, sufocando...”

Paola era tão nova, apaixonada e inocente, que se deixou enganar por Roberto, que aparentava ser um verdadeiro príncipe encantado dos tempos modernos. A prova de que os homens não são românticos somente na literatura. Ela acreditava estar vivendo um conto de fadas e acabou modificando-se para fazê-lo feliz, porém, infelizmente nunca imaginou que ele pudesse se tornar o pior dos vilões.

As palavras de Roberto que um dia foram doces, tornaram-se terrivelmente assustadoras. Paola passou de uma adolescente de dezoito anos, que encontrou o amor perfeito, para alguém com vinte e quatro anos, que tem medo de acordar todas as manhãs sem saber o que vai acontecer. 



“Passei a ter receio de respirar perto dele ou parar de respirar nas mãos dele.”


Paola já não aguentava mais todo o sofrimento proporcionado por Roberto, que mantinha sua postura arrogante e beleza fria. Já não havia mais fragmentos do  homem que ela amou, apenas o monstro com quem se casou. Tudo o que ela mais desejava era ir para bem longe dele e ser livre. Todavia, Roberto batia violentamente nela todas às vezes que tentava escapar de suas garras.

No entanto, seis anos depois de ter sido atacada por um pitbull ao comando de Roberto, Paola não conseguia mais ver beleza em si, pois tinha metade do rosto desfigurado e vivia desolada em uma Clínica por opção. Naquele lugar tratavam somente pessoas com problemas mentais e físicos mais profundos. Tinha sido o lar dela nos últimos dois anos, onde ocupava-se sempre com suas pinturas.

Engulo o choro e abro a boca num O. Na minha frente, com expressão de espanto, está um homem parado me olhando.”
Desde que Paola foi encontrada por André, desmaiada em um dos lados não frequentados por pacientes da Clínica, ela sonhava que ele era meigo e que seu toque não era violento, mas de preocupação e carinho. Isto a deixou com ainda mais medo, pois não sabia o que era ser tocada assim por um homem.

“Ele olha como se estivesse lendo um mapa que não consegue decifrar e, por isso, precisa de tempo. Fico nervosa a cada instante que passa. Tirando o meu cirurgião plástico, mais ninguém fica parado olhando as cicatrizes. E o cirurgião quer ver o que pode melhorar, o André tenta perceber como eu sou.”
Nunca, em seis anos, Paola havia sido tão observada. Pela primeira vez, em seis anos, Paola chorava sem ser de tristeza. Ela ficava matutando incessantemente como o André aparentava ser tão bruto por causa do corpo alto e forte, porém, era inofensivo e comandado por sua filhinha, Sol. Uma menina especial de quatro anos, cuja profundidade dos problemas era maior do que qualquer um podia imaginar e que devido a algo que aconteceu no passado, tinha dificuldades graves de socialização.

André e Sol acabaram despertando em Paola sensações até então desconhecidas, sobretudo, porque ele a desestabilizava e apesar de suas limitações, Sol permitiu que Paola entrasse em seu coração. Durante tanto tempo Paola esteve sozinha e subitamente tudo mudou. Logo, as duas se tornaram amigas e consequentemente, Paola e André aproximaram-se deixando que aos poucos as barreiras que haviam construído ao seu redor ruíssem.

“O André tem os olhos entre o cinzento de uma manhã de nevoeiro que esconde segredos e o mar profundo de onde podem surgir coisas que desconhecemos.
Ele é o tormento e a calma.
O rochedo que protege contra a força das marés e a areia que voa com uma simples brisa.”
Um romance intenso e marcante, com uma carga emocional enorme. Fez com que eu me desfizesse em lágrimas. Dividido em 4 partes, é narrado em primeira pessoa e intercala entre os pontos de vista dos protagonistas, Paola e André, proporcionando ao leitor uma experiência profunda e inesquecível.

A escrita da autora é inteligente, envolvente, criativa e extremamente cativante, com uma linguagem poética. Os personagens são tocantes, realistas e únicos.

A capa é encantadora e muito criativa. A diagramação é delicada e a revisão ótima. Uma edição sensacional.

Dou cinco estrelas, favorito e recomendo!!!


0 comentários: