#TAGMulheresInspiradoras #EspecialOutubroRosa #MulheresInspiradoras - Tag Literária



1 - Maria da Penha - Uma personagem vítima de violência (seja doméstica ou não).

Perdão Mortal (Livro 1) de Robin LeFevers - A protagonista Ismae sofreu muito nas mãos do pai que lhe agredia fisicamente. Ambientado na França medieval, com fatos históricos reais como pano de fundo, o enredo de Perdão Mortal é muito bem amarrado e fascinante. Com aventura, fantasia, romance e emoção, a autora conseguiu fazer uma mistura esplêndida, toda narrada em primeira pessoa pela protagonista Ismae. 

Confira a resenha - AQUI.


2 - Chiquinha Gonzaga - Uma personagem a frente de seu tempo, que provocou alvoroço na sociedade por sua personalidade.


Atraída por um Highlander de Maya Banks - Mairin é uma personagem admirável e acaba virando Ewan e todo o clã de cabeça para baixo com várias mudanças e inclusive algumas lutas internas, movimentando as mulheres do castelo contra os homens e suas imposições. É claro que ela é uma protagonista a frente de seu tempo.

Confira a resenha - AQUI.


3 - Bertha Lutz - Uma personagem que lutou pelos direitos de seu povo. 

A 5ª Onda de Rick Yancey - Cassie é uma jovem em meio a uma invasão alienígena. A princípio ela quer apenas sobreviver e salvar seu irmãozinho, mas com o passar do tempo começa a lutar pela sobrevivência da humanidade, junto com um grupo de jovens. O livro é uma ficção científica com ação e muitas reviravoltas.

Confira a resenha - AQUI.

4 - Maria Quitéria - Uma personagem que foge dos padrões femininos ao escolher uma profissão considerada masculina.

A série Amos e Masmorras tem duas protagonistas muito corajosas, que estão em uma profissão geralmente vista como "masculina" (SQN). As duas são irmãs e agentes infiltradas do FBI. Cleo Connely e Leslie Connely são bárbaras. Valentes e dedicadas. 

Confira a resenha do livro 2 - AQUI.

5 - Leila Diniz - Uma personagem adepta ao amor livre | que fale sem barreiras sobre sexo.

Surpreenda-me de Megan Maxwell - Melanie é uma protagonista bem liberal no que diz respeito a sexo. Ménage, swing são normais para o casal de protagonistas. O livro é um Spin Off da Série Peça-me o Que Quiser, que traz enredos interessantes e intensos.

Confira a resenha - AQUI.

6 - Elza Soares - Personagem que teve casamento forjado.

Big Rock de Lauren Blakely - Charlotte acaba aceitando um noivado de mentira para ajudar seu melhor amigo Spencer. Big Rock é uma comédia romântica. Como a narração é feita por Spencer, damos boas risadas, com os comentários e pensamentos masculinos.

Confira a resenha AQUI

7 - Frida Kahlo - Uma personagem que encontrou na profissão uma forma de superar sua dor.

O Beijo Traiçoeiro de Erin Beaty - Sage Fowler é uma jovem que não se encaixa nos padrões da época. Inteligente, perspicaz e com uma língua afiada. Ela não se encaixa exatamente na descrição da TAG, porém aceitou um trabalho que não queria, para fugir de um destino indesejado. Achei que se aproximava. O livro é ótimo e a protagonista surpreendente.

Confira a resenha AQUI.

8 - Octavia E. Butler: Um livro que traga uma protagonista negra.

As Cores do Amor de Camila Moreira - Silvia é uma jovem inteligente e obstinada que lutou muito para criar sua irmã após a depressão da mãe e hoje luta para terminar sua faculdade de fisioterapia. Ela sabe bem o que é lidar com o preconceito por ser negra e já passou por algumas situações que poderiam desestabilizar outras jovens, mas não ela.

Confira a resenha AQUI.

9 - Simone de Beauvoir - Uma personagem que não queira se casar, que fuja do estereotipo de busca pelo par perfeito.

Um Amor para Lady Johanna de Julie Garwood - Lady Johanna é muito jovem e assim que descobre que ficou viúva, promete nunca mais se casar. Porém acaba sendo obrigada pelo rei a casar-se novamente, apesar de sua recusa.
Um lindo romance de época. Super recomendo!

Confira a resenha AQUI.

10 - PAGU - Uma personagem bad girl.

O Retorno de Izabel ( livro 2 da Série ) de J.A. Redmerski - Izabel é uma assassina. Será que existe algo mais BadGirl que isso? Ela faz parte de um grupo de elite de assassinos, apesar de ainda estar começando. A série chama-se Na Companhia de Assassinos e é excelente. Uma das minha favoritas.

Confira a resenha AQUI.

Conheça as histórias das mulheres que nos inspiramos para esta TAG AQUI.

Um comentário

  1. Oi Marissa! Menina, que TAG cheia de amor! Só dicas de livros que ainda não li, mas que estão na minha listinha (enorme) de futuras leituras! Espero que cada dia mais a literatura possa se voltar para o empoderamento feminino e a quebra de paradigmas que já estão tão enraizados na sociedade, que tomemos de exemplo esses mulherões que você citou!

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por