5 Estrelas,

( Resenha ) Como Agarrar uma Herdeira - Livro 1 da Duologia Agentes da Coroa de Julia Quinn @editoraarqueiro #EuLeioArqueiro

22 dezembro Clã dos Livros 0 Comments

Editora Arqueiro

Clique na capa e veja onde comprar

Resenha 

Caroline Trent era órfã, mas tinha uma fortuna considerável aguardando que fizesse 21 anos. Ela cresceu passando por vários tutores, porém nenhum deles a tratou como família e assim a jovem só torcia para alcançar a idade na qual poderia cuidar de sua própria vida. Mas ela tinha um problema para enfrentar até o dia de seu aniversário ... precisava escapar das garras de seu tutor atual e do filho dele. De olho em sua fortuna, eles queriam forçá-la a se casar e para isso planejavam usar de quaisquer meios sujos. 

- Não sei para onde você pode ir, mas precisa desaparecer até seu vigésimo primeiro aniversário, que é ... quando? Em breve, eu acho.
- Daqui a seis semanas - sussurrou Caroline. - Exatamente seis semanas.

Faltando algumas semanas para seu aniversário e percebendo os riscos que corria ficando na casa do tutor, Caroline resolve fugir de noite e buscar por emprego em uma cidade longe dali, mas no meio do caminho ela esbarra em Blake Ravenscroft. Ele é um agente da coroa e quer prender uma espiã ardilosa que conspira contra a coroa britânica. Blake tem certeza de que se trata de Caroline, já que ela escapou sorrateiramente, a noite da casa de um dos suspeitos de espionagem e por isso a leva para sua casa, onde será interrogada. 

(...) Um mês antes, haviam descoberto que o contato de Prewitt era a tal Carlotta De Leon: meio espanhola, meio inglesa e cem por cento letal.
A jovem vê ai uma ótima oportunidade de ficar a salvo durante as semanas que faltam para que receba sua herança e se esquiva de contar a Blake sua verdadeira identidade o que nos rende cenas engraçadíssimas dos dois. Ele tentando interrogá-la e descobrir segredos importantes e ela, usando de enorme criatividade para ganhar tempo.

(...) Seu sequestrador parecera arrojado e perigoso no escuro, mas de dia era capaz de fazer um Adônis se sentir envergonhado. De certo modo ele parecia mais alto a luz do dia. E mais forte também (...)
Porém a farsa só funcionou até a chegada do Marquês James Siddons, outro agente da coroa que já conhecia a espiã e acaba por desmascarar Caroline.

Blake cobriu a distância que os separava e roçou a boca delicadamente contra a dela. A jovem não se moveu, mas ele ouviu um arquejo baixo de surpresa escapar dos lábios dela. 
Blake se sente incrivelmente atraído por Caroline e sua inteligência, antes de descobrir sua identidade real e mais ainda depois de perceber que ela não era uma criminosa. Porém Blake se esconde de seus próprios sentimentos e guarda um dor forte em seu coração após a perda de sua noiva. Mas com o passar dos dias, ele vê suas barreiras ruírem diante de sua encantadora "refém".

(...) Caroline Trent sem dúvida o deixara bastante frustrado nos últimos dias, tanto intelectual como fisicamente, mas Blake não podia negar o crescente respeito por aquela jovem que conseguira desarmar cada tentativa dele. E o enchia de fúria saber que o homem que deveria tomar conta dela pudera tratá-la de forma tão abominável.
Caroline também se vê muito envolvida por ele, mas não compreende porque Blake se afasta tanto, quando estão se aproximando.

Sentia algo quando estava perto daquele homem - uma sensação cálida, boa e generosa, e se perdesse isso, sabia que nunca se perdoaria. Já fazia muito tempo desde que experimentara qualquer sensação de pertencimento e, que Deus a ajudasse, pertencia aos braços dele.

Como o tutor de Caroline era um dos principais suspeitos, eles acabam embarcando em uma investigação juntos. Blake já se sente super protetor em relação a Caroline e não gosta da ideia de vê-la envolvida em algo tão perigoso, mas ela é bem teimosa e corajosa, e segue adiante, mesmo sem a aprovação dele.

Adorei o casal Caroline e Blake. Me diverti demais e torci o tempo todo para que tudo terminasse bem. 

Não queria agir como um tolo apaixonado, não queria que Caroline Trent achasse que ele estava agindo como um tolo apaixonado, e certamente não queria que James o visse agindo como um tolo apaixonado.

A capa é linda e mostra a protagonista em destque. A diagramação é bonita e confortável. O livro é todo narrado em terceira pessoa.

Como Agarrar uma Herdeira é um daqueles livros imperdíveis para quem é fã da autora ou mesmo para aqueles que se aventuram agora no universo dos romances de época. Um romance delícia, com personagens interessantes, várias cenas engraçadas, um pouco de ação e uma pitada de drama.

Amei e super recomendo!

0 comentários: