5 Estrelas,

( Resenha ) La Belle Sauvage - Livro 1 da Série O Livro das Sombras de Philip Pullman @Suma_BR

08 janeiro Bianca Gonçalves 0 Comments

Editora Suma

Clique na capa e veja onde comprar o livro

Resenha

La Belle Sauvage é o primeiro livro da série O Livro das Sombras

Fiquei em êxtase quando soube da nova série. Aqui, voltamos para o universo maravilhoso de A Bússola de Ouro. Inclusive, podemos rever os personagens de lá, até mesmo Lyra.

Nesta nova série, os acontecimentos se procedem antes de A Bússola de Ouro. Lyra é ainda uma bebê e não mora em uma faculdade.

Antes de mais nada, não é necessário ler a primeira série para embarcar nesta obra. Porém, para quem já leu, terá muitas perguntas respondidas, se tornando uma leitura obrigatória para os fãs da Trilogia Fronteiras do Universo.

Malcolm é um garoto esperto de 11 anos. Curioso e trabalhador, ajuda seus pais servindo mesas numa estalagem, chamada Truta.

Além disso, ele ajuda as freiras de um convento situado do outro lado do rio da sua moradia. Para isso, utiliza como meio de transporte seu amado barco, denominado La Belle Sauvage.



Certo dia, Malcolm descobre a presença de um bebê no convento. Uma criança linda, chamada Lyra. O encantamento do menino pela bebê foi imediato, talvez pelo fato do garoto não ter irmãos, ou acaso do destino.

O fato é que o aparecimento de Lyra ali era algo muito misterioso. As freiras não gostavam de falar sobre a bebê, evitando até mesmo visitas. E de repente, pessoas começaram a aparecer na Truta com a intenção de saber mais sobre Lyra.

Como Lyra havia parado ali? Por que tantas pessoas a queriam? Onde estavam seus pais? 

A curiosidade somada ao encanto de Malcolm por Lyra, o faz embarcar numa jornada perigosa, recheada de aventura e magia, no qual o único objetivo é proteger a vida da bebê.

"Gente louca nunca sabe quando desistir."
É um livro de fantasia que tem um vocabulário muito rico, e esse foi o primeiro motivo que me fez adorar. Fiquei completamente entusiasmada com a leitura da obra.

Para quem já leu A Bússola de Ouro, neste livro podemos compreender bem mais o universo proposto. Pude entender, por exemplo, o motivo das crianças serem as grandes protagonistas. E cheguei finalmente à conclusão que somente elas poderiam se aventurar em todo o suspense e perigos criados por Pullman. 

Também pude entender melhor a importância de Lyra para todo esse universo, bem como o funcionamento do objeto mais estimado na fantasia de Pullman: o aletiômetro.



Para quem não leu a trilogia Fronteiras do Universo, não se preocupe. Como já disse, são séries distintas, porém, trazem o mesmo universo. 

Narrado em terceira pessoa, com uma edição caprichada (letras da capa em relevo, com brilho; trazendo uma ilustração que remete momentos impactantes do enredo); La Belle Sauvage, apesar de ter uma criança como protagonista, traz um enredo maduro, fantástico e inteligente.

Temos suspense, magia, encanto... A cada capítulo somos surpreendidos. 

Descobri que o autor adora abordar política e religião. Mesmo sendo uma ficção, podemos refletir um pouquinho sobre o quanto alguns temas se assemelham à nossa realidade.

"Pense no que está em jogo. O direito de falar e pensar com liberdade, de realizar pesquisas sobre qualquer assunto sob a luz do sol, tudo seria destruído. Vale a pena lutar por isso, não acha?"
Fiquei completamente conectada ao livro, e terminei de ler cheia de paixão pelos personagens e pela trama em si. Agora, além de querer terminar a leitura dos demais livros da série Fronteiras do Universo, ainda estou ansiosa pela sequência de O Livro das Sombras.

Se adora uma fantasia, precisa embarcar logo nessa!!

Recomendadíssimo.

0 comentários: