5 Estrelas,

( Resenha ) Os Sombras - Livro 13 da Série Irmandade da Adaga Negra de J. R. Ward @univdoslivros

05 janeiro Ingrid 0 Comments

Editora Universo dos Livros

Leia a sinopse AQUI.

Clique na capa e compre o livro na Livraria da Folha

Resenha 

Os Sombras é o décimo terceiro livro da Série Irmandade da Adaga Negra e trata-se de um romance fantástico e emocionante que transporta facilmente o leitor para dentro da trama, envolvendo e instigando da primeira até a última página. Narrado em terceira pessoa permite maior conhecimento sobre todos os aspectos da história. 

“As pegadas que ele deixou sobre o mármore branco eram vermelhas. Vermelhas como um rubi birmanês. Vermelhas como o núcleo de um incêndio. Vermelhas como a raiva em sua medula.”

Trez e iAm são irmãos gêmeos que fazem parte da raça s´Hisbe, uma espécie derivada dos vampiros, também conhecida como Sombras. Portanto, os dois possuem habilidades bastante interessantes e algumas peculiaridades distintas, que os tornam diferentes, mas que também os completam. 

"O destino era tão indiferente e influente quanto o vento em uma bandeira, levando o tecido de uma existência individual, aqui e ali, sujeitando aquilo que balançava ao seu capricho sem uma pergunta sobre o que a bandeira poderia ter desejado.”

Entretanto, eles fugiram do território onde habitavam há quase cem anos, depois que Trez foi vendido quando criança por seus próprios pais. Assim, tudo o que tinham era um ao outro. 

Porém, Trez cometeu diversos atos inconsequentes durante sua vida de muito sexo e excessos. Mas iAm estava determinado a impedir que o irmão se autodestruísse, nem que para isso tivesse que dedicar sua vida à ele, deixando seus anseios de lado. No entanto, iAm acabou fracassando em sua missão e infelizmente não conseguiu ajudar o irmão. 

Somente depois que Selena, uma das Eros da Virgem Estriba, entrou na vida de Trez, ele finalmente começou a enxergar a vida por um outro ângulo. Logo, Trez sentiu-se determinado a realizar todos os desejos de sua amada, vivendo cada segundo como se fosse o último. 

Selena mostrou-se extremamente forte, mesmo diante de tantas adversidades. Aproveitando cada momento, sem jamais deixar de lutar por aquilo que desejava, sobretudo, porque foi ensinada a servir e sentia-se bem com isso. 

Todavia, ele não poderia se esconder para sempre das consequências de seus atos, pois já era tarde demais. Trez corria o risco de perder definitivamente tudo.

“— Ela é... a lua no meu céu noturno. E isso é o começo, o meio e o fim. Não há mais nada a ser dito sobre isso e eu nunca mais falarei sobre ela.”




Houve menos ação, entretanto, estas cenas foram ótimas. O foco maior foi na conspiração política. Assim como, também tiveram cenas muito tristes, que foram tão bem construídas, que o leitor consegue realmente sentir aquilo que o personagem sente. Sendo as cenas eróticas intensas e marcantes. 

Trez teve grande destaque neste livro, sobretudo, porque sua parcela de sofrimento foi imensa. No entanto, de certo modo, iAm também apareceu bastante e passou por maus momentos. 

Raghe enfrentou alguns problemas psicológicos sérios, enquanto Layla mostrou-se mais madura e cada vez mais envolvida com X-Cor. Já Assail, acabou entre conflitos com o Rei. 

A escrita da autora é meticulosa na medida certa, inteligente e ardilosa. Os diálogos são muito bons e o drama é muito bem trabalhado. Os personagens no geral são incríveis em todos os aspectos, sem dúvidas, foram criados com perfeição. 

A capa é linda, representa muito bem os protagonistas. A diagramação está ótima e a revisão exemplar.

Dou cinco estrelas e recomendo!!!

0 comentários: