5 Estrelas,

( Resenha ) A Pequena Livraria dos Corações Solitários - Livro 1 da Série homônima de Annie Darling @Verus_Editora

30 janeiro Ingrid 0 Comments

Verus Editora

Leia a sinopse AQUI.

Clique na capa e saiba onde comprar o livro

Resenha

A história de Posy é a primeira da Série A Livraria dos Corações Solitários, que vai retratar cada um dos funcionários da livraria, um “alegre bando de desajustados”, que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam. 


“Se Posy fechasse os olhos, podia imaginar como era antes. O aroma do café e dos bolos saídos do forno flutuando pela loja, sua mãe andando entre as mesas com os longos cabelos loiros escapando do rabo de cavalo, as fases rosadas, os olhos verdes cintilando enquanto servia bebidas quentes e retirava pratos vazios.

Na loja, seu pai teria arregaçado as mangas da camisa — ele sempre usava camisa e colete com a calça jeans — e muito provavelmente estaria se equilibrando em uma escadinha enquanto selecionava uma série de livros para um cliente que esperava lá embaixo. ”

Posy Morland cresceu cercada por livros e desenvolveu uma grande paixão por romances. Depois que os pais morreram em um acidente de carro, sete anos atrás, a excêntrica Lavinia Thorndyke não só lhe deu um emprego como também deixou que ela e seu irmão mais novo, Sam, ficassem no apartamento localizado no andar de cima da Bookends que sempre havia sido o lar deles. 

Diante de todas as centenas de pequenas gentilezas que Lavinia fez a Posy, sua morte provocou uma tristeza profunda. O funeral foi realizado em um clube privativo de mulheres amantes da literatura, na Endell Street, em Covent Garden, ao qual ela pertenceu por mais de cinquenta anos. As instruções de Lavinia haviam sido muito claras na carta que deixou detalhando os preparativos para o seu funeral — “Nada de preto, apenas cores alegres” — assim sendo, parecia mais como uma festa no jardim. 

No entanto, a cabeça de Posy fervilhava com a possibilidade de a Bookends fechar e deste modo, seria improvável que o novo proprietário deixasse Posy e Sam continuarem morando de graça no apartamento sobre a livraria. Portanto, Posy estava triste, desesperadamente triste e pesarosa pela perda de Lavinia, mas também tensa de preocupação.

Posy havia se apaixonado instantaneamente por Sebastian, o único neto de Lavinia, quando chegou à Bookends aos três anos e viu pela primeira vez o menino insolente de oito, com um sorriso doce e olhos tão escuros quanto o mais amargo dos chocolates. Até que, quando ela estava com dez anos, ele a trancou no úmido depósito de carvão debaixo da loja, onde moravam aranhas, besouros, ratos e todo tipo de criaturas horríveis, rastejantes e sujas.

Com o tempo, Posy superou o Caso do Depósito de Carvão, mas Sebastian permaneceu como seu arqui-inimigo. Lavinia o amava, apesar de seus muitos defeitos. Ele conseguia ser grosso e adorável, fazendo com que as pessoas o odiassem e o amassem, tudo ao mesmo tempo.





“Porque você, minha querida, mais que qualquer outra pessoa, sabe que lugar mágico uma livraria pode ser, e sabe que todos precisam de um pouco de magia na vida. ”






Posy herdou a Bookends, que se situava no extremo norte de Bloomsbury, um negócio quase falido, porque Lavinia sabia que a jovem faria todo o possível para continuar mantendo aquele sonho vivo. Entretanto, se a livraria não estivesse operando com lucro dentro de dois anos, a posse passaria para  Sebastian. 

Isto, era a última coisa que Posy queria que acontecesse. Então, sentia-se determinada a reerguer a Bookends com a ajuda de seus amigos, funcionários do lugar, Nina, Sophie, Verity e Tom. Embora, precisasse lidar diariamente com a atenção indesejada de Sebastian. 




“Posy abriu um documento em branco e, em vez de começar qualquer uma das muitas coisas trabalhosas que precisava fazer, viu seus dedos pularem sobre as teclas para produzir algo bem diferente. ”





Trata-se de uma comédia romântica deliciosa, recheada de momentos extremamente divertidos e emocionantes, que de imediato conquistaram o meu coração. Esta certamente é uma história de tirar o fôlego, com muitas referências incríveis que se encaixam perfeitamente complementando cada uma das cenas. 

Narrado em terceira pessoa permite ao leitor uma visão mais clara dos personagens e do ambiente em que estão inseridos. A escrita da autora é delicada, inteligente e detalhista na medida certa, fazendo com o leitor se sinta o tempo todo envolvido em uma trama sensacional.

A capa é linda, romântica e harmoniosa, me apaixonei à primeira vista. A diagramação é muito fofa e a revisão exemplar. O final me deixou sem palavras, ansiosa para ler os próximos livros.

Dou cinco estrelas, favorito e recomendo para quem é fã do gênero!!!


0 comentários: