Editora Contexto,

Confira os lançamentos de fevereiro da Editora Contexto @editoracontexto

27 fevereiro Ingrid 0 Comments


Editora Contexto



Sinopse

“Ao longo dos ensaios e dos fragmentos, o leitor perceberá que sou contra um mundo melhor, que sou cético e que carrego uma sensibilidade trágica, independentemente de minha vontade filosófica. E por quê? Porque o que nos humaniza é o fracasso, homens e mulheres muito felizes não são homens e mulheres. Tenho medo de pessoas muito felizes. A consciência trágica, seja ela cósmica, seja miserável, miúda e cotidiana, determina o horizonte onde se move o humano. Dedico essas palavras a todos os nossos fracassos, e com esses olhos atentos ao medo que porta seu nome próprio é que o leitor deve ler estes ensaios e fragmentos aos pedaços.” - Luiz Felipe Pondé.


Sinopse

Acentuação e pontuação são grandes vilões na hora de escrever. Dúvidas sempre surgem: como usar a vírgula? Para que servem as aspas? Tal palavra tem ou não acento agudo? E crase?
Este livro vem socorrer todos aqueles que precisam compreender melhor esse conjunto expressivo de sinais que são usados para complementar e organizar a escrita.
Em vez de decorar regras, é preciso entender a lógica que gerou cada sinal, sua necessidade e seu uso. E é isso que o professor Celso Ferrarezi faz: de forma objetiva e esclarecedora, explica os conteúdos, tornando o livro claro e atraente, mas não esquemático.
Um guia extremamente útil tanto para estudantes e professores, quanto para todos nós, que utilizamos a língua escrita o dia inteiro, no trabalho e no lazer.


Sinopse

A coleção História do Português Brasileiro é o resultado de vinte anos de pesquisas realizadas pelos mais importantes linguistas de nosso país, associados ao Projeto para a História do Português Brasileiro. Com esta coleção, nossa língua passa a ser amplamente historiada em seus sistemas gramatical, lexical, semântico e textual, estudados a partir de dados constantes de um amplo corpus diacrônico, editado com rigor filológico.
Este volume, intitulado Mudança sintática das classes de palavra: perspectiva funcionalista, reúne cinco capítulos sobre aspectos relevantes de mudança linguística em pronomes, verbos, advérbios e preposições.
Os autores resgatam da tradição gramatical diversas descrições para permitir entender, de maneira integrada, sob uma perspectiva funcionalista, os pronomes de 2ª pessoa do singular, a relação entre preposições e advérbios como um caso de heterossemia; a mudança por que passaram algumas preposições no português brasileiro; e a participação das preposições e dos advérbios na formação de verbos e mudanças em curso.
Trazendo hipóteses que iluminam nosso passado linguístico, esta obra é um ponto de partida e um estímulo para que novos estudos históricos sobre a diacronia do português brasileiro sejam desenvolvidos. 


Sinopse

Rodolfo Ilari apresenta nesta obra um panorama completo da Linguística Românica. O autor, um dos maiores linguistas brasileiros, trata desse campo do conhecimento, oferecendo um histórico dessa ciência linguística, passando pelo desenvolvimento do latim, indo até a formação e constituição dos idiomas românicos falados atualmente – incluindo, claro, o português do Brasil. Repleto de exemplos de documentos históricos e literários, mapas, análises, Linguística Românica é um livro completo, uma obra de referência na área, voltado principalmente aos estudantes de Letras, mas também aos leitores interessados na formação das línguas românicas, em especial, de nossa língua.


Sinopse

Este livro apresenta de um ponto de vista diacrônico uma descrição bastante instigante do que vem mudando no português do Brasil. O conjunto dos textos aqui reunidos, frutos de pesquisas aprofundadas sobre diversos aspectos de nossa língua, mostra que o que ocorre não é um processo de “deterioração da gramática” como muitos pensam, mas uma reorganização interna coerente. A consciência dessas mudanças, que são sistemáticas, é necessária para entender por que os estudantes escrevem como escrevem e por que a língua dos textos escolares, para as camadas que vêm de pais iletrados, pode parecer tão estranha quanto a de um texto do século XVIII. Com base na herança intelectual do grande linguista Fernando Tarallo, esta obra explicita essas mudanças a partir de exemplos retirados de usos reais de verbos, pronomes, objetos e outros pontos de nossa língua.


Sinopse

Somos um país urbano: 84% da população brasileira concentra-se em cidades e ao menos metade vive em municípios com mais de 100 mil habitantes. Mas a vida urbana não traz apenas novas oportunidades. Ela propicia doenças provocadas por falta de saneamento, picadas de mosquitos, poluição, violência, ritmo frenético... E tudo isso não ocorre mais apenas nas grandes cidades, mas também nas médias e mesmo pequenas, quase sempre negligenciadas pelo poder público e pelos próprios cidadãos.
Mas, afinal, o que fazer para ter boa qualidade de vida nas cidades? Assim como o médico deve pensar na saúde dos seus pacientes – e não apenas em tratar determinada doença –, uma cidade saudável é aquela em que seus cidadãos têm boa qualidade de vida. E o médico Paulo Saldiva, pesquisador apaixonado pelo tema, mostra que é possível, sim, melhorar e muito o nosso dia a dia.


0 comentários: