5 Estrelas,

( Resenha) Enquanto Houver Tempo de Paola Scott @TheGiftBox

01 abril Ingrid 1 Comments

Editora The Gift Box

Leia a sinopse AQUI.

Resenha

“Sabe aquele velho provérbio que diz que toda a sua vida passa diante dos seus olhos quando você está morrendo? Pode acreditar, é a mais pura verdade.”

Todas as prioridades de Dante giravam em torno do trabalho e, deste modo, ele tinha certo poder. Isto porque frequentou uma boa escola, entrou numa das melhores faculdades de São Paulo, estagiou nas melhores empresas e foi efetivado por onde passou. 




Dante estava sempre disposto. Chegava mais cedo e saía mais tarde, cumpria os prazos e, devido a todos esses fatores, acabava sempre se destacando na equipe. Embora, precisasse de muita cafeína para se manter acordado e comprimidos para dormir. 

“Viver… De repente me dei conta de que só agora enxergava isso, pois a incerteza sobre sobre a vida ou a morte me cercava. Acho que era inevitável pensar assim.”

Dante achava que tinha tudo o que precisava. No entanto, não tinha controle do próprio tempo. Portanto, não via que os dias estavam passando e que estava ficando cada vez mais solitário. 

“Eu estava enfartando. E naquele momento, daria tudo o que tinha para sair ileso.”


Então, quando se deu conta, ele foi parar na emergência de um hospital à beira de um infarto. E, segundo recomendações médicas, teria que ficar por lá o tempo que fosse necessário. 



Dante sempre foi desapegado da família, mas gostava muito da irmã Polianna, que assim como ele, também era determinada, tinha garra e lutava pelo que queria. Só que ela pensava de maneira diferente e  lutava por objetivos diferentes, então ele evitava um contato maior, já que não tinha paciência para as teorias de sua irmã sobre a vida e as pessoas. 

“Remédios poderiam ajudar a enfrentar boa parte, mas não operariam milagres, segundo as palavras do meu médico.”

Agora Dante seria forçado a mudar alguns hábitos. Entretanto, não era nada fácil se livrar dos velhos costumes, sobretudo porque o médico lhe receitou férias. Então seguindo as recomendações da irmã, ele foi para um resort, localizado no sul do país. 

“Disposto a não ser tão intransigente, resolvi dar uma chance de aquele lugar me mostrar o que tinha de tão espetacular, afinal.”

Gaia morava no sul do país, com uma família que a amparou quando os pais faleceram em um trágico acidente. Desde pequena sempre foi completamente apaixonada pela terra e tudo o que a envolvia. 


Nem ela e muito menos Dante imaginaram o quanto se envolveriam e, muito menos, que viveriam uma linda história de amor. Ambos, tendo que superar os obstáculos impostos pela vida. 

“— Com licença. — Uma voz grave e rouca, que pareceu se infiltrar nos meus poros e percorrer cada centímetro do meu corpo, preencheu o ambiente ao abrir ligeiramente a porta.”

Um romance sensível, envolvente, encantador e muito emocionante do início ao fim, com um toque de sensualidade. Certamente o melhor livro da autora que já li. 

Narrado em primeira pessoa intercala entre as perspectivas dos protagonistas, Dante e Gaia, proporcionando ao leitor uma visão mais profunda dos fatos. Sendo que os personagens no geral são intensos e maravilhosos. 

A escrita da autora é inteligente, criativa e realista. O modo como aborda os acontecimentos provoca reflexão e faz pensar no quanto é importante darmos valor as pequenas coisas da vida. 

A capa é linda e delicada, representa muito bem a história. A diagramação é perfeita e a revisão exemplar. 

Dou cinco estrelas e recomendo!!!


Um comentário:

  1. Ahhh que bela resenha. Obrigada Ingrid. Fico muito feliz que a história tenha conquistado seu coração. Bjs

    ResponderExcluir