5 Estrelas,

( Resenha ) Use-me de Kimberly Knight @TheGiftBox

05 agosto Ingrid 0 Comments

The Gift Box

Leia a sinopse AQUI.

Resenha

Ashtyn Valor trabalhava em um estúdio de notícias que era o oposto daqueles que pertenciam as emissoras locais de padrões de telejornais. Normalmente, as salas de redação tinham os mesmos âncoras que transmitiam o noticiário, mas onde ela estava, havia um apresentador diferente a cada horário. 

Depois de finalizar o mestrado em jornalismo, Ashtyn trabalhou muito até ser promovida a âncora do telejornal noturno. Portanto, trabalhar neste horário permitiu que tivesse mais tempo para as tarefas domésticas e outros compromissos, além de também dar certo com os horários de seu namorado Corey. Ele era controlador noturno de tráfego aéreo em O´Hare e sua programação mudava o tempo todo, porém, sempre conseguiam conciliar. 

Ashtyn vinha recebendo flores de um admirador secreto há pelo menos um ano. Ela adorava aquilo, porque alegrava o seu espaço de trabalho. Entretanto, desejava que fossem de Corey, afinal estavam juntos há dez meses. 

“Acho que errei em pressupor que estávamos na mesma página.”

Ashtyn e Jaime eram melhores amigas desde o Ensino Médio e, com suas vidas loucas, raramente conseguiam se encontrar desde que Ashtyn começou a namorar com o Corey. No entanto, de uma hora para a outra, Corey resolveu que precisavam terminar, afinal de contas, queriam coisas diferentes para o futuro, ela não era a única com quem saía e o tempo todo fingiu que a amava. 

Ashtyn estava se sentindo muito chateada e machucada, desejando esquecer tudo o que havia acontecido. Desta forma, saiu de casa sem rumo e acabou entrando em um bar que ficava localizado a poucos quarteirões de distância do seu apartamento. Uma decisão mudou completamente a vida dela.



“— Ao seu dispor, Cupcake.

— Cupcake? — Gargalhei.

— Sim.
— Por que Cupcake?
— Porque eu quero te lamber e depois comer.”

Rhys Cole era âncora de esportes e repórter de uma rede local há oito anos. Seu trabalho era cobrir o Blackhawks, e amava aquilo. O esporte sempre fez parte da sua vida, desde pequeno, e como não teve chance de jogar na Liga Nacional de Hóquei porque nunca foi convocado, decidiu falar de esportes para ganhar a vida. Então, formou-se em jornalismo e fez daquilo a sua maior paixão. 

Estava no início da temporada, e ele normalmente não chegava em casa até as primeiras horas da manhã, mas naquele noite foi diferente porque decidiu levar seu trabalho para casa e estudar as estatísticas e coisas do gênero. No entanto, não imaginava que encontraria sua namorada, Bridgette Walters, o traindo com outro em sua cama. 

Depois daquele desfecho horrível, Rhys decidiu beber até cair. Mas, sentia que precisava de muito mais do que cerveja. 

“Ela era maravilhosa. E estava me tocando.”

Ashtyn e Rhys acabaram se encontrando no mesmo bar depois de sofrer desilusões amorosas terríveis e afogaram as mágoas juntos. Portanto, quando um estranho se aproximou, ela simplesmente afirmou que Rhys era o seu namorado. 

Rhys tinha uma vibração de atleta sobre ele, assim, era impossível ficar longe. Logo, começaram um delicioso jogo, no qual Ashtyn poderia usá-lo sempre que desejasse, porque não estavam prontos para assumir um novo compromisso. Todavia, quando se deram conta, já estavam profundamente envolvidos. 

“— Você não esqueceu — salientei.
Ela olhou nos meus olhos.
— Então, ajude-me a esquecer.”

Um romance erótico extremamente envolvente, que me prendeu do início ao fim, fazendo perder o fôlego. Narrado em primeira pessoa intercala entre os pontos de vista dos protagonistas, Ashtyn e Rhys, que são intensos e maravilhosos. 



A escrita da autora é incrível, tudo se encaixa perfeitamente. Os personagens são no geral muito bem construídos, com personalidades fortes. 

A capa é linda, sensual e provocativa. A diagramação é ótima e a revisão exemplar. 

Dou cinco estrelas e recomendo para quem gosta do gênero!!!

0 comentários: