5 Estrelas,

( Resenha ) Amar tá Osso de Vanessa Bosso @AstralCultural

08 setembro Ingrid 0 Comments


Editora Astral Cultural

Leia a sinopse AQUI.

Resenha



“— Você sabe que cria o seu futuro a partir do presente, não? — Ela lança a interrogativa.
— É o que os sábios dizem. — respondo.”

Cléo era uma veterinária de 31 anos, que realizou o sonho de ter sua própria clínica há dois anos. Ela já passou por várias decepções amorosas e, por isso, acreditava que o amor estava difícil demais.

Portanto, decidiu fugir dos assuntos relacionados ao coração e se dedicou inteiramente ao seu trabalho e aos seus dois pets fofos, Loki e Osho. Embora, sua irmã Agatha, insistisse que de uma hora para a outra, ela seria surpreendida por uma reviravolta amorosa.

Cléo e Agatha eram muito parecidas fisicamente, no entanto, a personalidade divergia bastante. Logo, Agatha sempre colocava a culpa nos signos e ascendentes.


“— Hoje em dia, amar tá osso. É como enfrentar uma horda de bandidos armados com uma mísera flor na mão.”
Cléo presenciou um tiroteio, onde uma bala que foi disparada na direção dos policiais acabou vindo na direção de uma rapaz que estava atravessando a avenida. O cão-guia que estava com ele reagiu de imediato, empurrou seu dono para a calçada e recebeu o tiro no lugar dele.

Tratava-se de uma cadela chamada Vida, que acabou sendo socorrida por Cléo e foi levada urgentemente para sua clínica. O proprietário dela era Danton Lamartine de 44 anos, herdeiro do falecido fundador de uma renomada companhia de seguros.

Danton dependia totalmente de Vida. Assim sendo, Cléo resolveu ajudá-lo até que sua cadela se recuperasse completamente e, desta forma, os caminhos deles se entrelaçaram.




“— Tudo o que está fora também se encontra dentro de mim. A diferença é que minha escuridão é um espaço criativo. Eu posso imaginar o mundo do jeito que eu quiser.”

Um romance envolvente, divertido e emocionante, com um toque de espiritualidade, que fisgou o meu coração. Narrado em primeira pessoa pela perspectiva da protagonista, Cléo, permitiu que eu vivenciasse tudo aquilo pelo que ela passou.

A escrita da autora é suave e detalhista na medida certa. Os personagens são maravilhosos.

A capa é linda e muito delicada. A diagramação é minimalista e a revisão é exemplar.

Dou cinco estrelas e, com certeza, recomendo!!!

0 comentários: