( Resenha ) Escritora de Romance e... Virgem, Livro 1 da Série homônima de Meghan Quinn @EditoraCharme - Clã dos Livros

( Resenha ) Escritora de Romance e... Virgem, Livro 1 da Série homônima de Meghan Quinn @EditoraCharme

Compartilhe:
Editora Charme

Leia a sinopse AQUI.


Resenha

Rosie foi muito protegida por seus pais ao longo da vida. Estudou em casa e passou a maior parte do tempo na praia ou lendo no quarto. Era apaixonada pela fascinante escrita de Jane Austen, até descobrir um dos romances eróticos de sua mãe no criado-mudo. Logo, não conseguiu evitar, quando percebeu, já estava viciada.

Durante a faculdade de Letras, Rosie se concentrou nos estudos e, somente depois de formada, enfim começou a ler de novo, alimentando a paixão por romance que havia dentro dela.

Ela conheceu seus melhores amigos Henry e Delaney no primeiro ano da faculdade, na orientação para calouros, quando descobriram que fariam o mesmo curso. Algum tempo depois, mudaram-se juntos para fora do campus e, desde então, moravam em um pequeno apartamento de três quartos no Brooklyn.

Henry era um galinha e Delaney, por outro lado, teve alguns relacionamentos ao longo da faculdade, mas nada sério. Embora, já tivessem se formado, continuavam morando no mesmo lugar, só seguiram caminhos diferentes no mercado de trabalho.

Henry arranjou um emprego em uma das melhores empresas de Marketing, a Bentley Marketing, editando publicidades, e Delaney trabalhava como freelancer para a Cosmopolitan. Mas, Rosie não teve tanta sorte, infelizmente a proposta de emprego que recebeu foi justamente na Friendly Felines, onde escrevia sobre os melhores e novos pegadores de cocô de gato.


“Sou uma garota que vive nas fantasias de que o amor sempre prevalece e um herói está à espreita para montar em seu cavalo branco e te salvar.”


Rosie não pensou que seria tão difícil escrever seu primeiro romance, já que era seu gênero favorito. No entanto, esqueceu de um pequeno obstáculo no caminho, ainda era virgem.

Apesar de ser completamente inexperiente com o sexo oposto, ela ainda ansiava pela sensação de um relacionamento, do toque de um homem e de um beijo de tirar o fôlego. Talvez, quando vivenciasse a realidade, conseguiria colocar todas as suas emoções na escrita e enfim fazer seu nome.


“Será que era assim quando sentia tesão? Se sentir totalmente fora do controle? Desejar tanto um homem que você gostaria de arrancar as roupas dele com as unhas.”


O trabalho pagava as contas de Rosie, mas era apavorante tê-lo no currículo como emprego real. E sua vida sexual inexistente só piorava as coisas. Portanto, percebeu que precisava de uma grande mudança urgente.

Rosie estava determinada a montar um plano para perder a virgindade. Era grata pela ajuda dos amigos, mesmo que aquela situação fosse humilhante. Mas aquilo seria muito mais complicado do que sequer imaginou e a confusão estava armada. 

Escritora de Romance e ... Virgem é uma comédia romântica extremamente divertida e irreverente, que me fez rir muito desde a primeira página. Narrado em primeira pessoa pela perspectiva da protagonista Rosie, fisga o leitor e o transporta para uma história incrível.

A escrita da autora é leve, fluída e envolvente. Os personagens são maravilhosos.

A capa é linda, romântica e delicada, tem tudo a ver com o conteúdo. A diagramação é fofa, com elementos relacionados a escrita e a revisão é exemplar.

Dou cinco estrelas e, com certeza, recomendo para todos!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

test banner