( Resenha) Bad Things, Livro 1 da Série Tristan & Danika de R.K. Lilley @EditoraCharme - Clã dos Livros

( Resenha) Bad Things, Livro 1 da Série Tristan & Danika de R.K. Lilley @EditoraCharme

Compartilhe:
Editora Charme

Leia a sinopse AQUI.

Resenha




Bad Things é o primeiro livro da Série Tristan & Danika, intenso e arrebatador! Ansiosa por mais!




“O arrepio mais esquisito que já tive de premonição tomou meu corpo na primeira vez que ouvi a voz de Tristan. Escutei-a a um cômodo de distância, quando ele disse algo casual para meu chefe, Jerry, e, mesmo assim, eu sabia, de alguma forma, que ele mudaria minha vida.”






Danika trabalhava há dois anos para Jerry e sua ex-esposa, Beverly, como babá/faxineira/passeadora de cães/piscineira/jardineira/qualquer coisa que precisassem que fizesse. Eles tinham se tornado seus melhores amigos e duas das suas pessoas favoritas no mundo. 

Aquela casa era meio caótica, com todo tipo de pessoa indo e vindo todas as horas do dia. Jerry e Beverly eram advogados, mas somente ela, realmente trabalhava no ramo, enquanto ele estava sempre ocupado demais colecionando bandas independentes, porque tinha o sonho de gerenciar a próxima grande banda de rock. 

Jerry tinha um histórico de ajudar quem ele pensava que era a estrela em ascensão mais recente e isso deixava Beverly muito irritada. O mais recente foi Tristan, um amigo que trabalhava como promoter e fazia parte de uma banda, que dormiria no sofá por alguns dias. 

Mas, como Beverly já não suportava mais aquela situação, Jerry recorreu a Danika, que odiava mentir, principalmente para sua amiga. Entretanto, resolveram que Tristan seria apresentado como amigo dela e que se conheceram na UNLV no último semestre. 

Danika costumava ter sentimentos confusos em relação aos homens, em geral, porque teve um passado sórdido com eles, mas também pelo fato de que, recentemente superou um término horrível com um drogado perdedor que a traiu. Porém, desde que conheceu Tristan, não conseguia tirá-lo dos seus pensamentos, ele encantava facilmente qualquer pessoa que se aproximasse e isso estava mexendo com ela de formas inexplicáveis.


“Tive a percepção crucial e nítida de que o queria. Não apenas na cama. Não apenas como amigo, mas ele inteiro. Cada pedaço do quebra-cabeça. Nunca tinha desejado tanto algo na vida.”



Danika preferia relacionamentos sérios enquanto Tristan só tinha envolvimentos casuais sem nenhuma ligação emocional. Tornaram-se amigos, começaram a sair juntos para as baladas e se viram envolvidos na maior confusão, quando a atração falou muito mais alto do que tudo. 

Existia a possibilidade de não dar certo e eles tinham medo de se entregar a paixão e perder de uma vez por todas, a amizade pela qual tanto presavam, porque acima de qualquer coisa, sentiam que precisavam um do outro. No meio de muitas reviravoltas, os sentimentos deles são colocados a prova e sua sanidade também, causando fortes emoções. 

Um romance erótico envolvente e clichê do tipo que sou muito fã. Narrado em primeira pessoa, intercala entre os pontos de vista dos protagonistas, Tristan e Danika, que possuem uma química incrível. 

A escrita da autora é sensacional. Toda a trama é muito bem elaborada. Porém, eu não consegui me conectar aos personagens como gostaria, faltou um pouco de sensibilidade e aprofundamento sobre a vida de cada um deles e em determinados momentos cruciais, as coisas se desenrolaram rápido demais.

A capa é linda, tem tudo a ver com a história. A diagramação é muito bem feita e a revisão é ótima. 

Dou quatro estrelas e recomendo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

test banner