( Resenha ) O Morro dos Ventos Uivantes de Emily Brontë @cialetras - Clã dos Livros

( Resenha ) O Morro dos Ventos Uivantes de Emily Brontë @cialetras

Compartilhe:
Companhia das Letras

Leia a sinopse AQUI.

Resenha

O morro dos ventos uivantes não demonstra engajamento com questões sociais mais amplas, pois seu cenário é de isolamento extremo. Sendo o narrador, Lockwood, um forasteiro simbólico e perturbador, e até mesmo a vida na vila mais próxima, Gimmerton, parece remota, desconhecida, sendo descrita apenas por esboço. 

O reino de Wuthering Heights e de Thrushcross Grange funciona como um mundo em si mesmo, uma realidade exclusiva para o texto, de tal maneira que, quando os personagens deixam esse mundo, parecem misteriosamente desaparecer em um vazio.

Embora tenha chocado muitos dos seus primeiros leitores, ele também desfrutou de um sucesso modesto na época. Os protagonistas, Cathy e Heathcliff, compartilham um vínculo consumado de compreensão e resistência, um amor intenso de uma grandeza inexplicável.

Esse é o tipo de livro que, ou você ama, ou odeia. Afinal de contas, possui uma narrativa densa e angustiante, que provoca sentimentos contraditórios no leitor. Tudo é profundo demais, sendo o leitor envolvido na trama de um romance destrutivo, que só motivou decisões ruins.

Entretanto, apesar de tudo isso, a autora se sobressaiu ao criar algo tão peculiar e magnífico, que me instigou desde o início e prendeu de um modo que parei apenas no momento em que cheguei a última página.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

test banner