Autor Nacional,

Confira os livros de Martha Medeiros que serão relançados em abril - @edobjetiva - As novas capas estão lindas - Editora Alfaguara

22 março Clã dos Livros 10 Comments



Sinopse

Recém-separada de um casamento longo e pacífico, a protagonista se apaixona loucamente, embora não cegamente, por um outro homem, de personalidade conturbada, com quem vive uma intensa paixão. Consciente do mergulho, a mulher pressente que no fundo daquela relação só acabaria encontrando a escuridão da dor. Mesmo assim, dá o salto. E perde. A entrega é um vício sem saída.




Sinopse

Divã conta a história de Mercedes — uma mulher com mais de 40, casada, filhos — que resolve fazer análise. O que começa como uma simples brincadeira acaba por se transformar num ato de libertação; poético, divertido, devastador. Marinheira de primeira viagem em terapia, a personagem encara o consultório como se fosse uma espécie de alfândega que vai dar o visto para ela passar para o lado mais oculto de sua personalidade.

Ao deitar-se no divã, Mercedes não hesita em alertar o terapeuta: "Sou tantas que mal consigo me distinguir. Sou estrategista, batalhadora, porém traída pela comoção. Num piscar de olhos fico terna delicada. Acho que sou promíscua, doutor Lopes. São muitas mulheres numa só, e alguns homens também. Prepare-se para uma terapia de grupo."




Sinopse

O que você sempre quis dizer a alguém - e nunca teve coragem? 
O que precisa falar de uma vez por todas - mas desiste, espera, até chegar o momento mais apropriado? 
Em Tudo que eu queria te dizer , Martha Medeiros encarna personagens que assinam cartas reais, trágicas, por vezes cômicas, devastadas por sua dor. Em comum, as personagens deste livro têm a verdade de quem atravessa um ponto de virada em suas vidas e resolve colocar as cartas na mesa. 
Mestre na capacidade de nos emocionar, de forma simples e direta, a gaúcha Martha Medeiros concebeu Tudo que eu queria te dizer como um livro de contos, estruturados de forma independente. Na forma de cartas, Martha revela com delicadeza os dramas das personagens. Como a amante que escreve à mulher traída, a filha que relata a emoção de ser mãe à avô ausente, o jovem motorista que escreve à mãe do amigo morto num acidente de automóvel, ou a viúva saudosa que se dirige ao marido morto. 
Perdão, vingança, alívio, um pouco de nós está em cada uma dessas vozes, que expressam através de cartas uma confissão ou o exorcismo de nossos demônios.



Sinopse

Selma e Sinatra, narra a relação entre duas mulheres diferentes – nas origens, medos, idades e ambições. Mulheres que provavelmente sequer se encontrariam, se não fosse um projeto em comum.

Quando Guta - 41 anos, jornalista, três livros publicados nenhum sucesso literário - decide escrever a biografia de Selma, acredita ter encontrado a grande chance de sua vida. Selma, algo em torno de 70 anos, cantora que marcou época, certamente terá muito o que contar. Guta não tem dúvidas: alguns meses de trabalho e o reconhecimento, a fama. Os primeiros encontros, porém, são bem menos promissores do que ela imaginou. Selma teve uma infância feliz, uma carreira maravilhosa, uma vida cor-de-rosa: como será possível escrever um livro intenso e apaixonante, se tudo mais parece uma bela comédia romântica da sessão da tarde?

O impacto dos encontros repercute nas duas mulheres, de forma diferente, com um andamento sutil e ao mesmo tempo profundo, impressionante - como a passagem do tempo, quando parece que não passa, mas corre mais rápido do que nos damos conta. 
A prosa de Martha Medeiros nos remete às armadilhas deste encontro com sutileza, como se aparentemente apenas contasse histórias sobre duas mulheres. 
A autora, uma das colunistas mais lidas do país, é especialista no assunto e nos apresenta com esta ficção uma pequena jóia literária.


10 comentários:

  1. Ok. Me interessei, li a sinopse do primeiro livro. E cara, já to indo atrás. Apesar que seria um bom presente pra uma amiga também :D

    ResponderExcluir
  2. Bem interessante esses livros. Até agora só li um deles: Divã. Ansiosa pra ler os outros também. Show.

    ResponderExcluir
  3. Que legal! Nunca li nada da autora e esses relançamentos são um ótimo incentivo pra começar.

    ResponderExcluir
  4. nao e muito meu tipo de leitura,mais...sempre e bom tentar coisas novas!

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li, mais acho que deve ser bom!

    ResponderExcluir
  6. Adoro os livros da Martha, tem sempre algo com o que me identifco

    ResponderExcluir
  7. Amei a capa...louca para ler...
    Mazzolinha

    ResponderExcluir
  8. Marta Medeiros por si só já chama atenção sempre. E com essa sinopse que parece incrivel um livro imperdivel.

    ResponderExcluir