( Resenha ) Sequestrados de Robert Crais @EditoraNacional

Companhia Editora Nacional


Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse, AQUI.

Resenha




Sequestrados conta uma história policial com muitas reviravoltas, intercalando os momentos dos personagens, ora narrados na terceira pessoa, ora narrado na primeira pessoa.  Como não segue uma ordem cronológica, acaba exigindo  uma maior atenção do leitor, para não perder nenhum detalhe e compreender os fatos. Alucinante. Inteligente.

Krista e Jack são jovens e apaixonados. Os problemas começam quando a moça resolve contar o segredo de sua familia para Jack. Ela leva o rapaz até os escombros de um velho avião, o mesmo que trouxe a mãe, irmã e primas dela vindas ilegalmente do Mexico aos EUA.

Jack e Krista são surpreendidos com a chegada de traficantes no local, numa mesma situação, e presenciam os contratantes tocando terror deixando os “frangos” – pessoas traficadas – assustadas e apavoradas, fugindo para se salvarem. Curiosa e querendo registrar o acontecimento, Krista se esconde sem atender aos pedidos de Jack para fugir. 

“Eles estavam se levantando quando quatro mulheres asiáticas vieram para a cauda do avião e passaram correndo por eles, a menos de dez metros.
Um homem com uma espingarda veio correndo naquela direção atrás delas, gritando em espanhol, e Jack se perguntou se aquelas coitadas conseguiam ao menos entender o que ele dizia. Então o homem parou e ficou completamente imóvel como uma estátua contra o céu noturno.
Jack prendeu a respiração e rezou. Perguntava-se por que o homem estava lá tao quieto, então percebeu que ele usava óculos de visão noturna.
O homem estava olhando para eles.
Lá na paisagem desértica, iluminada pelas estrelas, onde ninguém poderia ouvir os tiros , o homem ergueu a arma e mirou em Jack Berman.” pag 13

O casal acaba sendo preso como se também fossem imigrantes.

Nita Morales – mãe de Krista recebe então uma ligação com o pedido de resgate com o valor bem baixo e achando que Jack tinha alguma coisa ver com o sumiço da filha, ela resolve contratar Elvis Cole, um renomado detetive.

Após seguir a trilha dos traficantes, o detetive resolve se infiltrar na quadrilha como comprador de mão de obra barata, mas acaba sendo reconhecido.

“Al-Diri seguiu Orlato para a cozinha, o homem branco se aproximou junto e ficou atrás de mim. Eu tentava vigiá-lo e ao mesmo tempo ignorá-lo.
Trinta segundos depois, al-Diri retornou da cozinha com uma arma balançando junto da perna. Eu disse:
- Qual o problema?
Al-Diri ergueu a arma.
- Você.”- pg 232,

Elvis Cole  é preso e passa a contar então com a ajuda de seus amigos Pike e Stone para resgatá-los.

Além de toda a ação e violência, o livro traz também uma boa dose de romance. Nele vemos claramente o amor de Jack e Krista e o que eles fazem para salvar um ao outro.  
Ainda temos a amizade, o humor e a genialidade de Pike e Stone que muitas vezes roubam a cena e também a reflexão sobre a triste realidade do tráfico humano, que o autor expõe em detalhes:  como os bajadores – traficantes costumam operar abusando da vulnerabilidade das pessoas que buscam uma vida melhor.

Com um enredo intenso e uma narração que não perde o rítmo, o autor nos mantém grudados nas páginas e passamos a nos sentir parte da história.

Para os fãs de suspense policial, ação, aventura, Sequestrados é perfeito.



Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por