5 Estrelas,

( Resenha ) Respire - Livro 1 da Série Ten Tiny Breaths de K.A.Tucker @editorarocco

23 agosto Larissa 0 Comments

Editora Rocco 
Fábrica 231

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse AQUI.

Resenha 


" A Kacey de antes morreu quatro anos atrás e só o que resta é uma bagunça. Uma bagunça que passou um ano na reabilitação física consertando o corpo destruído, para ser liberada em seguida com uma alma destruída. [...] A Kacey de depois não chora, não solta uma única lágrima. Não sei bem como ela consegue. Ela não se abre por nada; não suporta sentir o toque das mãos, porque elas a lembram da morte. "

Respire é o primeiro livro da série Ten Tiny Breaths. Vai contar a história de Kacey, um jovem de vinte anos que aos 16 anos sobreviveu a um acidente de carro que levou seus pais, sua melhor amiga e seu namorado a morte.

Como é de se imaginar, o acidente deixou mais cicatrizes internas do que externas. Apesar de conseguir quase que o milagre da reabilitação física completa, o emocional da jovem foi completamente abalado.

Ela e sua irmã mais nova fugiram da casa da sua tia para viver em Miami e recomeçar a vida. Após a tentativa de abuso de seu tio, Kacey acha maravilhoso ir para um local onde ninguém sabe do seu passado.

"Assim Livie e eu fizemos um acordo. Não o denunciaríamos se ela ficasse comigo. Ontem à noite por acaso foi perfeito para fugir. [...] Talvez drogá-lo e roubar o dinheiro deles tenham passado dos limites, mas tio Raymond também não devia ter sido um pedófilo. "

As jovens alugam por seis meses um apartamento em um conjunto. Sua irmã mais nova vai para escola enquanto Kacey trabalha para sustentar a casa e guardar dinheiro para faculdade de Livie.

Após o acidente Kacey passou por várias fases tentando diminuir a dor do sofrimento. Bebeu, drogou-se e dormiu com caras desconhecidos por diversão e distração. Quando percebeu que essas atitudes estavam magoando a sua irmã, prometeu parar e tentar recuperar a velha Kacey.

Tudo estava tranquilo até que Kacey tem um encontro com seu vizinho, Trent. Só a descrição da autora já me causou palpitações, imagina conhecer este cara na vida real! (hahaha).


Resultado de imagem para gif saco de pancada
Kacey é um garota bonita e atlética e sabe disso. Conquistou vários caras e não é nada inibida. Mas este cara tem o poder de quebrar as barreiras e deixá-la sem reação ou com o desejo louco de agarrá-lo.


"Desgraçado! Ele vai de bom samaritano à tentação do mal a cada frase que sai de sua boca. Pior ainda, ele me pegou babando pelo corpo dele. Eu! Babando! Fico perto de corpos sarados todos os dias na academia e não me abalo. Mas, por algum motivo, não sou imune ao dele."

O acidente mudou a garota e faz muito tempo que ela não se envolve emocionalmente com ninguém, até porque ela mesmo evita para que não exista a possibilidade de se prejudicar ou prejudicar Livie.

Então temos a luta interna de Kacey com essa atração gigantesca pelo Trent, que também não facilita e provoca a garota sempre que a encontra. Gostei bastante dessa provocação entre Trent e Kacey. Apesar da pouca idade, ela não fica pra trás quando o assunto é provocação e vários dialogos pegam fogo.

"Storm não precisa ouvir que eu me lembro de cada momento enquanto fiquei aprisionada nas ferragens do audi. Ela não precisa saber que ouvi o último suspiro da minha mãe, um ruído que me assombra todas as noites. Ou que ao meu lado o corpo estraçalhado da minha amiga Jenny fundiu-se com o carro e, do outro lado, minha mão ficou presa na do meu namorado, sentindo cada grau de temperatura cair enquanto o calor abandonava o corpo dele. Que eu tive que ficar sentada naquele carro, cercada pelos corpos daqueles que eu amava durante horas enquanto a equipe de emergência se esforçava para me tirar de lá. Eu não devia ter sobrevivido."

Dividindo os momentos de flerte, temos o início de uma amizade com a outra vizinha de Kacey. A pedido de Livie, a garota resolve se abrir e tentar criar uma amizade com a sua vizinha. Storm é uma jovem mãe solteira que possui um belo corpo. Além da sua linda aparência, a vizinha também é bela por dentro e tem um grande coração.

Em uma relação de mútua colaboração, Storm ajuda as garotas no que está ao seu alcance enquanto recebe ajuda para cuidar da sua pequena filha, a lindinha Mia. Assim nasce a amizade e união das duas famílias.


Resultado de imagem para gif bebida


Storm consegue um emprego de barwoman para Kacey na boate de stripper em que trabalha. Assim com a nova amiga, Kacey somente irá servir bebidas, não precisando vender se corpo durante a noite.

"Estou acostumada a ter as coisas sob controle. Eu luto para ficar entorpecida. É assim que consigo passar por cada dia e tem funcionado bem. Até agora. Mas Trent entrou de mansinho na minha vida e não consigo me concentrar. Meu corpo está enlouquecendo. Travo uma batalha com o impulso de afastá-lo e puxá-lo para perto; e penso nele com frequência demais. "

Só que Trent aparece todas as noites na boate e fica observando Kacey. As provocações são cada vez mais fortes e os beijos acabam sendo inevitáveis.


Resultado de imagem para gif beijo dean winchester

Mas Kacey mantém seus receios e não quer compartilhar seu passado com o vizinho, tentando evitar qualquer tipo de relacionamento. Trent também possue um segredo que bloqueia as investidas em Kacey, sendo tão misterioso quanto a garota.

Assim o livro vai trazendo a história de cada um. E apesar de suspeitar do final, ele ainda conseguiu me surpreender e tirar o meu ar. Posso dizer que no final do livro Respire quem precisava Respirar era eu! ;)

"Reprimi o riso. Este é parte do problema de Livie. Ela é inteligente demais. Um gênio. Nunca se relacionou com crianças de sua idade. Acho que ela nasceu com a maturidade de alguém de 25 anos. Perder meus pais só piorou o problema. Ela cresceu rápido demais."

Espero que a Editora Rocco traga os demais livros para o Brasil. Cada livro vai aprofundar a história de um personagem da série. O segundo livro, One Tiny Lie, vai contar a história da irmã da Kacey, Livie.

Capa Original





Segundo Livro da Série



0 comentários: