5 Estrelas,

( Resenha ) Pode Beijar a Noiva de Patricia Cabot @PlanetaLivrosBR

12 janeiro Ingrid 12 Comments

Editora Planeta
Selo Essência


Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse AQUI.

Resenha


Meg Cabot escrevendo mais um romance de época encantador, com o pseudônimo Patricia Cabot. 

Emma Van Court Chesterton lecionava para crianças e vivia sozinha numa cabana em um penhasco, longe da cidade, no humilde vilarejo escocês de Faires, a pouco mais de seis meses, desde que, Stuart Marbury, o pastor e marido dela faleceu vítima de uma epidemia de tifo, deixando a jovem viúva. A família de Emma vivia em Londres e ela nunca os perdoou por desaprovar Stuart. A expectativa deles era de que ela se casasse com um homem rico ou pelo menos que tivesse um título. Portanto, como o plano falhou, Emma simplesmente foi ignorada. 

Neste caso, a única saída que tinha era uma gorda herança, porém, a condição para recebê-la consistia em casar-se novamente. No entanto, em circunstâncias normais Emma não tinha paciência nem tolerância com nenhum de seus muitos pretendentes, sobretudo, porque o interesse deles era no dinheiro que ela tinha para receber.


“— Oh, Deus — Emma murmurou, segurando com força a metade inferior da porta holandesa. 
Ela o reconheceu de imediato.”
James Marbury, o nono conde de Denham, primo de Stuart, cuja semelhança era considerável, chegou a Faires para ajudar Emma com o inventário, tentando superar as desavenças que tiveram no passado. Um homem muito bem abastado e charmoso, que encantou-se por ela quando os dois foram próximos e ainda nutria sentimentos fortes. Logo, como uma máquina a vapor ele afastou os pretendentes que cercavam Emma. 

“De perto, concluiu que a semelhança de seu marido com o primo era enganadora. O conde era muito mais bonito do que Stuart jamais fora. Seus cabelos eram mais escuros, o olhar era mais brilhante e o queixo, mais quadrado. De fato, pareceu a Emma que Stuart, embora o mais jovem dos dois, fora um esboço rústico do primo... quase como se seu marido tivesse sido o rascunho de Deus para o conde de Denham.”
Eles não se viam há um ano e James estava abismado com o quanto aquela mulher sincera e atraente, a pessoa mais calorosa e nobre que conheceu, havia mudado e se tornado mais forte e mais segura de si. Ele insistiu para que Emma deixasse aquele lugar e fosse morar com sua mãe, que estava ansiosa para recebê-la, contudo, ela recusou veemente. 

Entretanto, James não estava disposto a desistir de Emma. Apesar de saber que com qualquer outra mulher, não seria complicado, pois ele sabia ser encantador quando queria, mas com ela era diferente. Então, se viu disposto a protegê-la dos aproveitadores. Tentando aproximar-se novamente até chegar ao coração dela e fazer com que permitisse amá-la profundamente. 

“Ao olhar para cima, viu que a face de Emma estava muito próxima da sua. Os lábios curso, róseos e úmidos estavam a poucos centímetros de distância. Seria muito fácil, ele pensou, segurar o rosto sorridente entre as mãos e pressionar seus lábios contra os dela...”
Um romance de época envolvente, sedutor e quente. Narrado em terceira pessoa, possibilitando ao leitor uma visão mais ampla da história e dos personagens tão bem construídos inseridos nela. 

A escrita da autora é atraente, inteligente e perspicaz. Prendeu-me da primeira à última página, deixando as sensações à flor da pele, proporcionando uma leitura deliciosa. 

A capa dessa segunda edição é linda e harmoniosa, acredito que supera facilmente a primeira. A diagramação é delicada e a revisão ótima. 

Dou cinco estrelas e recomendo!!!



12 comentários:

  1. Eu também achei a capa linda!
    Nos chama à atenção.
    E que história é essa?! 😱
    Adorei o fato de ser um romance de época,da personagem morar em um vilarejo escocês (e em um penhasco). Já imaginei perfeitamente o local.
    E adorei a ideia do primo do Stuart proteger Emma.
    As vezes é bem agradável ser protegida...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Janaina,

      O lugar parece mesmo dos sonhos. Sou apaixonada por romances de época e esse me pegou de jeito.

      Beijokas

      Excluir
  2. Não tenho costume de ler nada do gênero, no entanto ainda sim, sempre que leio resenhas sobre esse livro fico encantada por essa história, pois me parece que a escrita da autora e envolvente, e já nos prende nas primeiras páginas. Além do mais os personagens me parecem ser bem construídos, e cativantes, o que deixa a leitura ainda mais gostosa.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ingrid.
    Eu adoro romances de época. Já li uma série da Meg Cabot e adorei a sua escrita.
    Ainda não li nada sob seu pseudônimo de Patrica Cabot. Acho que vou começar por esse livro.
    Achei a capa bem bonita, mas não cheguei a ver a primeira capa rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pamela,

      Romances de época são mesmo encantadores, tenho certeza de que vai amar este.

      Beijokas

      Excluir
  4. Eu tenho um probleminha com romances de época.... faz anos que apesar de alguns me atraírem sempre fico de ler e vou adiando. Acho incrível a versatilidade da Meg para escrever estilos tão diferentes

    ResponderExcluir
  5. Esse aí, já está na minha lista, tem algo nos romances de época que me atraem, talvez as mocinhas mais fortes ou os mocinhos mais apaixonados, sei que não resisto

    ResponderExcluir
  6. Esse livro deve ser um amorzinho!
    Eu adoro romances de época e fiquei curiosa pra saber como que o James vai fazer para conquistar o coração da Emma <3

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Quero muito ler esse livro, adoro os romances de época e essa historia conseguiu me conquistar, gostei muito da Emma que é aquele tipo de personagem forte e determinada e adorei o James, com certeza irei ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  8. A capa está linda, meu eu preferia que a moça estivesse com um visual mais escoces hahahahah

    O livro parece bem bom e eu tenho um grande respeito pela Cabot, então eu pretendo ler sim!

    ResponderExcluir
  9. Oi.
    Ainda não tive o prazer de ler nada da autora, mas sei que suas obras são muito boas.
    Gostei da premissa desse livro. Adoro romances de época sempre cheio de romantismo e detalhes, que me fascinam.
    Com certeza vou querer ler!
    Ótima resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir