5 Estrelas,

( Resenha ) Cilada para um Marquês - Livro 1 da Série Escândalos e Canalhas de Sarah MacLean @gutenberg_ed

06 março Clã dos Livros 12 Comments

Gutenberg Editora


Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse AQUI.



Resenha




A Gutenberg Editora nos traz mais uma série maravilhosa de Sarah MacLean. Em Escândalos e Canalhas veremos muito as irmãs Talbot, jovens que se tornaram "nobres" recentemente, já que seu pai, um bem sucedido carvoeiro, conseguiu o título na mesa de cartas.

A família é interessante e engraçada, mas as irmãs dão o que falar à sociedade londrina, que adora um escândalo e boas fofocas.

Não importava que o escândalo devesse ser total e exclusivamente dele. Escândalos não grudam em duques.
Para as jovens Talbot, contudo, escândalos grudam como mel em pelo de cavalo.

Sempre nas páginas dos jornais que mais circulam por ai, as irmãs Talbot estão à caça de maridos aristocráticos, menos Sophie. Ela não quer nada com a aristocracia e também detesta os escândalos e fofocas nas quais suas irmãs vivem se envolvendo, mesmo sabendo que são notícias aumentadas ao extremo.



Porém ao jogar um nobre em um lago de peixes em plena festa, onde toda a sociedade de Londres estava presente, Sophie precisou pensar de que maneira poderia escapar do primeiro escândalo que tinha sido realmente causado por ela. Então resolveu voltar ao interior, onde cresceu feliz com sua família. Mas chegar até Mossband seria uma aventura muito mais complicada do que parecia.


Sophie é a Talbot menos interessante e já se acostumou a ser menosprezada por não possuir a beleza e formosura de suas irmãs.

Rei, o Marquês de Eversly (futuro Duque de Lyne) não tem uma fama muito boa. Ele é conhecido por acabar com muitos noivados e participar de corridas de cabriolés, mas ninguém conhece realmente suas motivações para manter-se longe de seu pai.
Ele era tudo o que diziam ser. Escandaloso. Perverso. Um canalha total.(...)Um belo exemplo do que havia de pior naquele mundo em que ele tinha nascido. Para o qual ela tinha sido arrastada.  Sophie o odiou no mesmo instante.
Ao saber que seu terrivel pai estava morrendo, Rei segue à caminho de Cúmbria e é então que os caminhos de Rei e Sophie se encontram de maneira desastrosa e incrivelmente divertida.
"Certo. Você foi baleada na Grande Estrada do Norte usando um uniforme comprado de um criado roubado, depois de viajar como clandestina na carruagem de um cavalheiro solteiro."
"Cavalheiro é exagero, não acha?"
Os dois atraem confusões como ninguém e aos trancos e barrancos viajam juntos. Nenhum deles deseja a companhia do outro, mas por várias circunstâncias, acabam ficando juntos, até chegarem aos seus destinos. 

Rei tem certeza, desde o princípio de que uma das irmãs perigosas, está apenas tramando para arrumar casamento com ele, um nobre. Uma Cilada para capturá-lo de vez. Sophie só deseja  chegar à seu destino e afastar-se o máximo das confusões e problemas da nobreza.

Ela é uma jovem obstinada e inteligente. Sempre apaixonada por livros, sonha em ser dona de uma livraria. Sofre muito com os comentários de Rei, que quer provocá-la a todo momento, chamando-a de "desdivertida".
"Eu também nunca disse que vocês era desinteressante", Rei contestou.
"Não. Creio que usou o termo desdivertida, que é ainda mais insultoso, pois parece que eu sou tão entediante que preciso ser definida por uma palavra que até hoje não existia."
"Claro que não é a mesma coisa!", ele não conseguia pensar em adjetivo menos adequado a Lady Sophie do que desinteressante.

Rei guarda grandes mágoas de seu pai por algo que aconteceu no passado e por isso, promete nunca se casar.

A viagem dos dois vai mostrar-lhes que o amor é possível, mesmo para alguém que desistiu de amar e para quem não acredita que a aristocracia possa trazer algo de bom. Mas não sem antes precisar ultrapassar alguns obstáculos.
Ele não pretendia gostar de beijar Sophie Talbot. Ele não pretendia fazer nada além da mais superficial das carícias (...). Mas o suspiro o pegou. Ele capturou o som com os lábios, virou o rosto e apertou mais o corpo dela contra si, (...).
O casal Rei e Sophie é mágico. Eles são lindos e apaixonantes, além de serem mega divertidos. Como os demais livros da autora, em Cilada para um Marquês também encontramos uma parcela de drama muito apropriada. 

Amei o livro e tenho certeza de que os demais serão maravilhosos. Sarah MacLean é perfeita ao construir enredos interessantes, bem encadeados, com personagens bem construídos, romance e cenas quentes na medida certa.

O livro é todo narrado em terceira pessoa. A diagramação é linda e agradável. Os capítulos começam como se fossem uma notícia de jornal.

Amei! Chorei um pouco, sorri demais e suspirei bastante. 

Recomendo!


12 comentários:

  1. Olá, Marissa!
    Adorei a sua resenha, me deixou com vontade de ler o livro. Sophie me pareceu aquela protagonista que nos faz vivenciar tudo o que acontece com ela haha

    Abraço!
    https://lupiliteratus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima protagonista Fabio. Me diverti demais com ela.

      Excluir
  2. Desdivertida kkk já amei esse REi rsrs
    A Sophie querer ser dona de uma livraria também me fez gostar ainda mais rs gostei muito da resenha e quero ler essa série da Sarah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim ...Sophie é como a gente Thaynara <3

      Excluir
  3. Marissa!
    Que delícia de romance, hein?
    Gostei demais de saber que o sonho de Sophie é ser dona de uma livraria e apesar de Rei a princípio ter receito de se envolver com ela, por causa da fama das irmãs, torna o livro com um tom mais hilário e deve ser uma ótima leitura.
    “Ninguém nasce mulher: torna-se mulher.” (Simone de Beauvoir)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito divertido Rudynalva. Eu ri muito e também adorei que Sophie queria ter uma livraria.

      Excluir
  4. Oi Marissa,
    Nossa, só de ler a resenha já sei que vou adorar a história. A união das personalidades dos protagonistas cria um enredo bem diferente, onde o improvável acontece e garante, com certeza, uma leitura descontraída e divertida!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa autora arrasa Gislaine. Amo tudo o que eles escreve!

      Excluir
  5. Ainda não li nenhum livro estilo de época lançado pelo Gutenberg
    Com outros gêneros ela arrasa sempre, espero que neste também
    Gostei da protagonista por ela ser apaixonada por livros, acho que isso
    me conquistou. Uma pena que Rei ver essa paixão de forma diferente dela
    Mal sabe ele o que livro nos permite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amei que Sophie é apaixonada por livros Girlene. Os romances de época da Gutenberg são maravilhosos!

      Excluir
  6. Sempre vejo muitos elogios em relação a essa leitura, no entanto por se tratar de um gênero que não costumo ler, acabo por deixar passar a leitura. Porém da para notar que o casal e super interessante, divertido e envolvente, o que nos prende a leitura. A autora consegue ter uma facilidade em desenvolver todo essa enredo bem construído, espero ter a oportunidade de adquirir esse livro logo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é interessante e muito divertido Lana. Que pena que você não curte tanto. Romances de Época são sem dúvida os meus favoritos!

      Excluir