5 Estrelas,

( Resenha ) Uma Duquesa Qualquer - Livro 4 da Série Spindle Cove de Tessa Dare @gutenberg_ed

23 outubro Clã dos Livros 1 Comments

Gutenberg Editora
Clique na capa e veja onde comprar o livro

Leia a sinopse AQUI.

Resenha

Uma Duquesa Qualquer é o quarto livro da Série Spindle Cove da diva Tessa Dare. A série é daquelas irresistíveis, com enredo interessante e  protagonistas femininas geniais, todas saídas da "terra" das solteironas em tratamento, Spindle Cove. 

Só que dessa vez a mocinha não é uma mulher da nobreza em busca de cura ou algo parecido. Pauline Simms é apenas uma atendente da taverna Touro & Flor. Ela é uma moça simples que trabalha para ajudar a família. Inteligente e decidida, sonha em abrir uma livraria e alugar livros para as tantas jovens que ficam por ali durante algumas temporadas. Mas seu sonho está longe de acontecer. Com  Daniela, uma irmã que necessita de cuidados e um pai violento e preconceituoso, Pauline não vê grandes possibilidades de realizar seu sonho. 

Mas quem comanda o destino, afinal? 

O Duque de Halford caiu na armadilha da mãe e chegou em Spindle Cove com uma enorme ressaca e uma mãe decidida a finalmente casá-lo. Ao entrar na taverna Touro & Flor, sua mãe a duquesa de Halford, exigiu que escolhesse uma das jovens. Qualquer uma, disse ela. E seria transformada em uma duquesa. 

Griffin, o duque de Halford estava decidido a nunca se casar e já estava cansado das investidas de sua mãe, por isso a desafiou. Se ela não conseguisse transformar a jovem escolhida em uma duquesa em uma semana, pararia de tentar encontrar-lhe uma noiva. E assim foi ... Só que Griffin escolheu a mais improvável das jovens. 
De repente, Griff se pegou segurando um sorriso. Ela era perfeita. Grosseira, sem instrução, completamente deselegante. Um pouco bonita demais. Uma garota sem graça serviria melhor aos seus propósitos. Mas apesar da beleza, ela teria que servir.
- Ela - ele declarou. - Eu fico com ela.  
Pauline Simms não acreditou no que estava acontecendo, até que ouviu dos lábios do belo duque que ela era a escolha perfeita. Inteligente como era, logo percebeu que era perfeita para fracassar. 
Ela parou de considerá-lo atraente. Mas ele continuou cheirando muito bem, maldito fosse.
Ela recebeu em segredo, uma oferta de "trabalho" feita por Griffin: ser a acompanhante da duquesa e fracassar na tentativa de se tornar uma dama perfeita. Pauline aceitou, pois percebeu que ficaria uma semana com os nobres e receberia o suficiente para realizar seu sonho de abrir uma livraria e poder cuidar de Daniela, sua irmã.

Mas o maior desafio para os dois não seria o de fracassar e sim o de resistir a atração que nascia entre eles. 
Aquilo era um arranjo comercial, Griff procurou se lembrar. Ele tinha contratado a garota para enlouquecer sua mãe, não para enfeitiçá-lo. A esperteza dela e aqueles olhos vivos de gata não deviam ser tentações.
Pauline é muito mais do que uma atendente de taverna. Ela é bondosa, corajosa e obstinada. Griffin também não é o que parecia a princípio. Ele é um homem ferido, que guarda um segredo que o fez desistir da libertinagem e se decidir por nunca se casar. 

Os dois vão trilhar um caminho envolvente, com momentos a sós, onde a tensão sexual vence qualquer barreira e o duque não conseguirá se manter afastado da doce e brilhante Pauline. Ela se apaixona por ele e sabe que não terá chance já que um par tão improvável, não pode existir em um mundo onde a nobreza dita as regras. Mas Pauline deseja ao menos, no pouco tempo que tem juntos, experimentar o amor.  
Ele a mediu com um olhar demorado e possessivo. E, pela primeira vez nessa noite, Pauline pôde ver Halford bem iluminado e sem pressa. 
Com um enredo envolvente e engraçado,  personagens que nos encantam rapidamente, uma pitada interessante de drama, diálogos inteligentes, sensualidade e muito romance, Uma Duquesa Qualquer é mais um livro que entrou para a minha lista de favoritos. 
No momento, seu único objetivo, nesse jardim - na vida, talvez - era protegê-la. E fazer com que ela se sentisse segura, o que , ele desconfiava, seria uma tarefa difícil. Pessoas demais tinham decepcionado Pauline nesse sentido. 
O livro é todo narrado em terceira pessoa, traz uma diagramação bonita e agradável e uma capa linda, seguindo o padrão das anteriores. São livros lindos para se ter na estante e reler sempre que puder. 


Saiba mais sobre a Série AQUI.



Um comentário:

  1. Também amei os outros livros da série... Esse já está furando minha fila de livros para serem lidos! 😊

    ResponderExcluir