5 Estrelas,

( Resenha ) A Maldição de Hollow - Livro 2 da Trilogia A Sina dos Sete de Nora Roberts @editoraarqueiro #EuLeioArqueiro

11 novembro Clã dos Livros 0 Comments

Editora Arqueiro

Clique na capa e veja onde comprar o livro

Resenha

A Maldição de Hollow é o segundo livro da Trilogia A Sina dos Sete que conta a história de três amigos nascidos no mesmo dia, que aos 10 anos fizeram um pacto de sangue que acabou libertando um demônio antigo e muito perigoso. Após o pacto na antiga pedra pagã, os três ganharam poderes especiais "herdados" de um antepassado que aprisionou este mesmo demônio. Assim eles teriam chances de combatê-lo. 

Porém a maldição que caiu sobre a cidade era aterrorizante e fazia com que desgraças acontecessem a cada sete anos. Assassinatos, estupros e muitas maldades praticadas pelos cidadãos comuns que eram esquecidas tempos depois, como se nada tivesse acontecido. Então, desde pequenos os três carregam a responsabilidade de proteger a todos que podem, tentando deter a maldade trazida pela maldição, mas agora, vinte um anos depois, parece que os poderes do demônio estão ainda maiores e talvez os três sozinhos não sejam capazes de detê-lo.

No livro 1, Irmãos de Sangue, vemos chegar a cidade três mulheres que inesperadamente complementavam seus poderes. A partir dai, percebemos que Nora Roberts planejou três pares românticos interessantes, que vão se formando ao longo da trilogia.

"E voltaria de novo naquele verão. Já estava se manifestando. Mas agora as coisas seriam diferentes. Estavam mais bem preparados, tinham mais conhecimento. Não eram só Cal, Gage e ele. Eram seis forças. Três mulheres ligadas por descendência ao demônio. Três homens ligados a quem aprisionara aquele mal."

Neste livro encontramos Fox O´Dell e Layla Darnell. Fox é um advogado e Layla começa a trabalhar para ele. Ela veio de fora da cidade trazida por uma vontade estranha de viajar sem destino e acabou indo parar em Hollow. Chegando lá encontrou com Quinn e Cybil e descobriu que existia na verdade um propósito para que fosse até a cidade do interior e era um propósito realmente grande. Combater o mal ao lado de novos amigos. Mas ela ainda precisava pagar as contas e para isso tinha que trabalhar, então a proposta de ser assistente de Fox pareceu ótima. Mas a jovem acaba descobrindo que além de combater o mal que os cercava, ainda precisaria lidar com a forte atração que sentia por Fox.

"- Vou ser bem sincero. Eu quero você. Nua. Na cama, em um quarto com a luz baixa e uma música calma. Quero sentir seu coração batendo contra o meu enquanto faço coisas com você. (...) "
Fox também se sente muito balançado quando está perto de Layla e isso dificulta, ou será que não..., o treinamento das habilidades dela. O problema é que ambos conseguem sentir e ver o que os outros estão sentindo no momento presente e isso pode ser um complicador quando ambos estão super, mega, ultra atraídos um pelo outro.

"- (...) Odeio admitir isso, mas você estava certo. Eu tenho que trabalhar isso. Não serei útil se não aprender a usar minha habilidade.
Ela o olhou de novo e tomou fôlego.
- A Trégua acabou."
Deu para entender o quanto esse romance sobrenatural com cenas de terror e ação é envolvente?

"- Posso perguntar por que não carregou o advogado adorável aqui para dentro?
- Tenho medo de que ele se torne importante demais."

Fox é atencioso e protetor e fez com que eu realmente o admirasse. Layla se mostrou um pouco temerosa de um envolvimento no início, mas não pode resistir as emoções e desejos que existem entre os dois. O enfrentamento do demônio fez com que o grupo ficasse ainda mais unido e demonstrasse muita coragem. Qualquer deles poderia simplesmente ter saído da cidade e abandonado a população a própria sorte, porém todos ficaram e buscam incessantemente por alternativas, pesquisando o passado e utilizando seus poderes.

Eu amei Fox e Layla, achei que os dois realmente combinam. Sempre curti muito os enredos criados pela diva Nora Roberts. Em A Maldição de Hollow vemos mais um casal se formando, laços de amizade sendo reforçados pela luta contra o mal. Ação, terror, mistério e novas descobertas que certamente ajudarão no desfecho final que chegará no último livro da série A Pedra Pagã.

A capa e bonita e segue o mesmo padrão da anterior. Um pouco sombria com bruma e uma floresta, combina com a série. A narração é toda em terceira pessoa com muitos diálogos, sempre interessantes. Todos os personagens aparecem bastante e que nos deixa ainda mais envolvidos com o enredo e os três casais. 

Amei e estou contando os dias para ler a sequência.

Saiba mais sobre a Trilogia AQUI.

0 comentários: