5 Estrelas,

( Resenha ) Tempestade de Cristal - Livro 5 da Série A Queda dos Reinos de Morgan Rhodes @editoraseguinte

04 novembro Ingrid 0 Comments

 
 Editora Seguinte
Leia a sinopse AQUI.
Clique na capa e veja onde comprar.

Resenha

Tempestade de Cristal é o quinto volume da Série A Queda dos Reinos, onde Mítica é controlada pelo Império Kraeshiano, e os rebeldes e a realeza precisam lutar para recuperar o poder.
"Gaius Damora tentou aceitar cada momento de agonia enquanto suas fraquezas remanescentes eram queimadas, suas lembranças de Elena transformavam-se em brasas, e o desejo pelo poder surpremo crescia dentro dele como uma fênix renascendo das cinzas."

Do outro lado do mar, em Mítica, havia uma princesa dourada que Jonas queria salvar e um deus do fogo que ele precisava destruir. No entanto, havia um obstáculo em seu caminho nas docas kraeshianas, consumindo um tempo que Jonas não podia perder.

Magnus tentou invocar algum sentimento além do ódio que tinha por Gaius Damora. Mas não conseguiu, porque ele tinha sido um tirano sádico durante toda a vida. Tinha entregado seu reino para um inimigo como se não passasse de uma buginganga sem importância. Ordenou em segredo o assassinato da própria esposa, mãe de Magnus, porque ela estava no caminho do poder que ele ansiava. E, pouco antes de cair do penhasco, o rei estava prestes a acabar com a vida do próprio filho e herdeiro.

O rei, com a ajuda de Magnus, tinha destruído a vida de Cleo, e ainda assim ela ficou ao lado dele. Ele tinha confessado seu amor por Cleo em um conjunto patético de palavras confusas, e ela não deu lher deu as costas enojada. A linda princesa dourada que tinha perdido tanto, disse que o amava também. Entretanto, as coisas seriam muito mais complicadas e desafiadoras do que sequer haviam imaginado, porque não conseguiriam se livrar tão facilmente de Gaius. 

 "– Que adorável que vocês dois tenham atravessado esse perigoso labirinto juntos e saído dele de mãos dadas. Há quanto tempo estão tramando contra mim? Não tinha ideia de que fui tão cedo."
Tudo o que Lucia mais queria era encontrar Timotheus, que a havia alertado sobre Kyan, porém, simplesmente o ignorou na época. Portanto, Kyan a convenceu de suas próprias dificuldades e ela acabou comprando às suas próprias. Ela estava tão cega pela sede de vingança e pelo ódio, que nenhuma verdade poderia ter atravessado a parede de aço que havia construído em volta de si, muito menos chegado ao seu coração ou à sua mente. 

"Lucia rangeu os dentes quando levas de lembranças espontâneas emergiam. Uma onda de luto e raiva tomou conta dela enquanto era confrontada pelas mesmas lembranças que havia tentado esquecer nas últimas semanas."
Lucia estava grávida de um Vigilante chamado Ioannes e por isso sua magia começou a desaparecer aos poucos, porque seu filho era metade imortal. Segundo Timotheus, Kyan não estava morto, porque o fogo era eterno, não podia viver ou morrer, mas podiam contê-lo. E, para isso acontecer, precisariam aprisioná-lo novamente.

Sangue foi derramado. E da pior forma, todos acabaram descobrindo que a magia mais sombria tinha um preço perigoso.

Um romance medieval fantástico, que me prendeu do início ao fim, com muita ação e emoção. Narrado em terceira pessoa envolve o leitor, com um desfecho sensacional.

A escrita da autora é meticulosa na medida certa. A evolução dos personagens aconteceu de forma incrível, sendo todos muito bem descritos.

A capa é linda e muito característica. A diagramação é ótima e a revisão como sempre, muito boa.

Dou cinco estrelas e recomendo!!!

0 comentários: