5 Estrelas,

( Resenha ) A Noiva de Caversham - Livro 1 da Série As Crônicas de Caversham de Sandy Raven

27 agosto Ingrid 0 Comments

https://www.amazon.com.br/Noiva-Caversham-Livro-s%C3%A9rie-Cr%C3%B4nicas-ebook/dp/B07CYKFYBW/ref=as_li_ss_tl?ie=UTF8&linkCode=ll1&tag=livrariapubli-20&linkId=8c56f8660bebae3bf4ca7f9fc243c6ca

Leia a sinopse AQUI.

Resenha


Angelia Serena, ou apenas Lia, foi sequestrada a mando da tia, cuja mente inescrupulosa contratou dois homens para matá-la e jogar seu corpo no mar de forma que ninguém pudesse encontrar. Sendo que, em poucos meses, conforme o combinado, retornariam e se livrariam de Luchino, o irmão de apenas oito anos e de Maura, sua velha ama.  


Entretanto, aqueles sujeitos pensaram em um modo de conseguir ainda mais dinheiro as custas de Lia. Havia um traficante árabe que recebia mulheres e as vendia em sua terra, como escravas. Se fossem virgens, eram vendidas diretamente para o harém de algum sultão. Portanto, ela seria de grande valia e, sua tentativa falha de fuga, só os deixou ainda mais determinados. 



“Ela possuía os olhos do mais rico tom de esmeralda que já vira — olhos cheios do mais desesperado terror.”


Marcus Reinfield Halden, ou apenas, Ren, nono duque de Caversham, avistou Lia sendo tratada como uma escrava fugitiva e de imediato sentiu que precisava ajudá-la. Logo, a comprou. Contudo, não sabia o que faria com ela. 


A ideia de levar aquela mulher para sua cama era muito tentadora. Porém, ninguém a possuiu antes e ele não sabia se a tornava sua amante, ou esposa. 


Ren desejava que tivessem se conhecido em circunstâncias diferentes e, que ela tivesse antecedentes adequados. Ele tinha a intenção de libertá-la e devolvê-la à sua família, mas também almejava ficar com ela. 

“— Se você não me ajudar, vou morrer tentando fazê-lo sem você.”




Lia não era árabe, nem muçulmana, tratava-se de uma católica com muito orgulho do nome de batismo que os pais escolheram. Eles morreram há oito meses, e aproveitando-se disso, a tia planejou livrar-se de seus hóspedes. Então, caso Ren não a ajudasse, ela já não teria mais ninguém vivo na família. 


Logo, ele afirmou que precisava de um herdeiro. Um filho legítimo o mais rápido possível. Para tanto, precisaria de uma esposa. Mas, não queria ninguém de seu próprio país.

“— Eu desejo você. — Ela tentou se afastar, mas ele a impediu, com um simples aumento de pressão. Seu polegar acariciou o lábio inferior dela, então dois dedos alisaram seu rosto.”


Lia acabou concordando com os termos de Ren e os dois entraram em um consenso. Por fim, ela se casaria com ele e viveria as maravilhosas  sensações que o toque dele despertavam em seu corpo. 


Se ela fosse realmente a filha de um cavalheiro como afirmava, então o casamento deles não traria problemas. Embora, ele precisasse saber exatamente toda a verdade por trás dos fatos ocorridos com a jovem. 


Lia não tinha muito tempo e, se ao menos não tentasse, jamais se perdoaria. Precisava fazer tudo o que estivesse o seu alcance para salvar aqueles que amava. 

“A mulher ao seu lado o confundia. Além de sua beleza, ela parecia ser inteligente e uma amante ardorosa.”


Um romance de época extremamente envolvente, repleto de sensualidade e muita aventura. Narrado em terceira pessoa, transporta o leitor para uma trama deliciosa. 


A escrita da autora é inteligente e ardilosa. Os personagens são muito bem construídos, com personalidades distintas. 


A capa é linda, representa muito bem a história. A diagramação é a ótima. Apesar de conter alguns erros de revisão, não atrapalha a leitura, mas, acredito que isso pode ser melhorado.


Dou cinco estrelas e recomendo para quem, assim como eu, adora esse gênero!!!


0 comentários: