5 Estrelas,

( Resenha ) Vidas à Deriva de Tami Oldham Ashcraft @AstralCultural

12 setembro Ingrid 0 Comments


Editora Astral Cultural

Leia a sinopse AQUI.

Resenha

Tami Oldham era uma jovem aventureira, que estava sempre disposta a se arriscar. Ela costumava sair com alguns caras, porém, eram só conhecidos.

Mas, desde que viu Richard pela primeira vez, em uma marina na ilha paradisíaca do Taiti, ela não conseguia tirá-lo dos seus pensamentos. Principalmente, porque seu sotaque britânico era tão exótico, que arrancava suspiros.




“Conhecê-lo me fez sentir tão bem, tão viva.”

Richard Sharp nasceu em uma família de classe média alta. Seu pai era um marinheiro aposentado que se deu bem depois da guerra. Sua mãe infelizmente cometeu suicídio quando ele tinha sete anos. Pouco tempo depois, seu pai se casou e Richard considerava a madrasta como mãe.

Ele acabou indo contra os desejos do pai e foi expulso da academia naval por insubordinação. Portanto, terminou os estudos em outra escola particular e depois que se formou, foi trabalhar na Olivetti, uma fábrica e empresa de vendas de equipamentos eletrônicos para escritórios.

Enquanto estava na Olivetti, Richard conheceu um homem que construía barcos de ferrocimento. Tornaram-se amigos rapidamente e logo ele recebeu uma oferta de sociedade no estaleiro.

Richard conheceu Lizzie no Caribe, enquanto esperava a temporada de furacões passar. Eles se deram bem e ela decidiu velejar com ele até San Diego. Contudo, Lizzie não era a mulher certa, porque não tinham muitas afinidades e Richard nasceu para ver o mundo, e nada, nem ninguém o impediria.


“— Tami, agora que eu te encontrei, nunca mais vou te soltar.”

Richard viajou por metade do mundo sozinho. Até encontrar Tami e se encantar por sua personalidade única. Logo, os dois estavam completamente apaixonados e passaram noites esplendorosas no Mayaluga, o barco dele, que aos poucos se encheu de recordações felizes.

“— Vou a qualquer lugar com você, Richard, qualquer lugar.”


Então, quando surgiu a oportunidade de uma longa viagem no barco Hazana, pelo pacífico norte, os dois embarcaram juntos. Tudo o que Tami mais queria era velejar para sempre com Richard.

Todavia, o que era para ser uma viagem tranquila, de repente, se transformou em um pesadelo. A passagem do furacão Raymond provocou uma tragédia que interferiu nos sonhos daquele casal.




“Abri os olhos e vi o céu azul e nuvens brancas delicadas. Minha cabeça latejava. Tentei tocar nela, mas coisas, não sei quais, estavam em cima de mim, me sufocando, me esmagando. O que estava acontecendo? Eu não conseguia pensar, não conseguia me lembrar. Onde eu estava?”


Um relato real e emocionante sobre o empoderamento feminino, uma paixão arrebatadora, a sobrevivência e a superação, que me tocou profundamente e fez com que eu derramasse muitas lágrimas. Narrado em primeira pessoa pela perspectiva de Tami, transportou-me para dentro de uma trama sólida, proporcionando uma visão completa do passado e presente, construída com perfeição. Onde pude vivenciar cada instante vivido por ela, que possui uma escrita sensível e envolvente.

A capa é linda, utilizaram a mesma do filme, que eu assisti logo após a leitura e gostei muito. Entretanto, o livro ganhou o meu coração, porque tem muito mais conteúdo.

A diagramação é minimalista, porém, bem feita, com algumas imagens que complementam. A revisão é exemplar.

Dou cinco estrelas, favorito e recomendo para quem procura uma leitura que vai mexer com os seus sentimentos!!!


0 comentários: